top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Edvaldo pode chutar o pau da barraca governista


Engana-se quem pensa que o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), engolirá calado um candidato empurrado goela abaixo pelos governistas. Diferente do que ocorreu em 2022, quando o pedetista apenas externou o seu descontentamento após ter sido preterido da disputa pelo governo de Sergipe, em 2024 o prefeito não deverá levar desaforos pra casa. Tendo ingressado na política para lutar contra a ditadura militar, Nogueira sempre teve passe livre na oposição, onde militou a maior parte de sua vida. Portanto, caso persista o fogo amigo contra ele e os nomes que vem trabalhando para a sua sucessão, o prefeito pode romper com os governistas e subir em um dos palanques oposicionistas, tal qual fez o ex-governador Jackson Barreto (MDB), que chutou o pau da barraca da situação para se juntar aos petistas nas eleições de 2022. Sem direito a se candidatar por já ter sido reeleito, Edvaldo Nogueira não tem muito a perder se trocar os aliados de ocasião pelos adversários de hoje. Crendeuspai!


Livre para voar


O ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), também conhecido por “Pato”, está sorrindo de orelha a orelha. Tudo porque a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça tornou extinta uma ação penal contra ele. Anteriormente, o desembargador Gilson Felix dos Anjos já havia interrompido liminarmente a tramitação da ação penal relacionada ao caso do matadouro de Itabaiana. O magistrado alegou que o tempo para a conclusão dos inquéritos contra Valmir, iniciados em 2018, ultrapassou o limite razoável, resultando em uma “ineficiência por parte do Estado”. Agora, livre para voar politicamente, o “Pato” não tira os olhos da Prefeitura de Itabaiana. Marminino!


Educação falida


Foi-se o tempo em que o professor era tão ou mais respeitado do que os pais. Bons tempos aqueles, quando a normalidade da escola só era perturbada por pequenas rusgas entre alunos na quadra esportiva. O que se vê hoje é assustador: estudantes ameaçam os professores e jovens se agridem dentro das salas de aula, quase sempre usando algum tipo arma. É preciso fazer alguma coisa para impedir que o traficante de drogas siga recrutando seus “soldados” na escola. Decididamente, o Brasil não pode ficar de braços cruzados, assistindo nossos jovens trocarem o estudo pela criminalidade. Home vôte!


Come e dorme


Deve ser duro para o servidor estadual, que recebeu do governo Mitidieri uma esmola de 2,5% a título de reajuste salarial, saber que políticos sem mandatos embolsam mais de R$ 15 mil como comissionados do estado. Para estes “comer e dorme”, o melhor é que não precisam aparecer no “trabalho”, mas apenas aplaudir o governador de plantão e pedir votos para os padrinhos políticos deles. Enquanto isso, o funcionalismo, que carrega a máquina pública nas costas, é tratado a pão e água. Êita Brasilzão sem jeito!


A força da internet


De todos os alunos matriculados em cursos de licenciatura no ano passado, 81% foram na modalidade de ensino à distância. Nas instituições privadas, 93,7% dos alunos de licenciatura que ingressaram também foram nessa modalidade. Os dados fazem parte do Censo da Educação Superior 2022, divulgado pelo Ministério da Educação. O estudo mostrou que, nos últimos quatro anos, o número total de vagas oferecidas em cursos presenciais caiu 11% e as vagas em cursos à distância aumentaram 139,5%. Aff Maria!


Demissão em massa


A deputada estadual Linda Brasil (Psol) está preocupada com a possibilidade de a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) demitir cerca de mil empregados visando atender a uma recomendação do BNDES. Estudo feito pelo bancão público sugere um forte enxugamento da estatal antes que o governo de Sergipe a entregue, de mão beijada, à iniciativa privada: “Esse estudo sobre a Deso é um absurdo”, discursa Brasil. Segundo a deputada, se o governador Fábio Mitidieri (PSD) seguir a recomendação do BNDES, “entrará pra história como o inimigo número um da classe trabalhadora sergipana”. Cruz, credo!


Pernas pro ar


Hoje é como se fosse sexta-feira para os servidores estaduais e da Prefeitura de Aracaju. É que, por conta do feriado de amanhã, o governador Fábio Mitidieri (PSD) e o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) decretaram ponto facultativo na próxima sexta-feira, garantindo um belo feriadão para o funcionalismo público. Isso significa dizer que o comércio de Aracaju terá um fraco movimento neste final de semana, que começa amanhã. Arre égua!


Graninha a mais


O governo de Sergipe vai incluir na folha salarial deste mês um adicional por exposição ao risco de morte (periculosidade) para os policiais civis, militares e os bombeiros. Devem receber o benefício 7.528 policiais ativos e inativos. Aprovado pela Assembleia Legislativa em maio deste ano, o adicional de periculosidade deve ser calculado por meio da incidência de um percentual de 5% sobre o valor de referência. Quanto ao vergonhoso ticket alimentação de míseros R$ 11, pago aos policiais militares, o governo Mitidieri não fala quando pretende reajustá-lo. Só Jesus na causa!


Escolha agendada


A sessão do Tribunal de Justiça que escolherá a lista tríplice para desembargador do quinto constitucional acontecerá no próximo dia 25. O novo magistrado ocupará a vaga aberta pela aposentadoria do desembargador Edson Ulisses. Os três nomes selecionados serão encaminhados ao governador Fábio Mitidieri (PSD), a quem cabe indicar o novo integrante do Pleno do TJ. Disputam a vaga de desembargador o procurador de Justiça Jorge Murilo Seixas de Santana e os promotores Etélio de Carvalho Prado Júnior, Flaviano Almeida Santos, Alexandre Albagli Oliveira, Félix Carballal Silva e Walter César Nunes Silva. Boa sorte aos seis!


Lei ilegal


O Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional lei do estado de Sergipe que reduziu de 25% para 13% a alíquota do ICMS nas operações internas com cervejas contendo, no mínimo, 0,35% de suco de laranja e vendidas em embalagem de vidro ou de lata. Em seu voto, a relatora, ministra Cármen Lúcia, explicou que a especificidade da mistura não afasta a classificação genérica de “bebidas alcoólicas, cervejas e chopes”, para a qual a alíquota é de 25%. A relatora verificou, ainda, que o processo legislativo que deu origem à norma não foi precedido de estudos sobre o impacto financeiro e orçamentário da perda de arrecadação do ICMS. Home vôte!


Noite de autógrafos


“Jackson Barreto: Tempo e Contratempo” é o título do livro a ser lançado, dia 18 próximo, pelo professor e historiador Jorge Carvalho do Nascimento. A noite de autógrafos vai acontecer no Museu da Gente Sergipana, centro de Aracaju. Com 480 páginas, a obra retrata os 51 anos de vida política e disputas eleitorais de Jackson Barreto, importante liderança popular de Sergipe nos séculos 20 e 21. O livro é da Criação Editora e teve tiragem apenas mil exemplares na primeira edição. Prestigie!



Commentaires


bottom of page