top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

A lua de mel do governo Mitidieri está no fim


Governando de Sergipe há quase 10 meses, Fábio Mitidieri (PSD) ainda estuda como concretizar as promessas de campanha. Muito por causa dessa demora, setores da sociedade começam a criticá-lo. A insatisfação é mais visível entre os servidores, que não engoliram a esmola de 2,5% concedida a título de reajuste salarial e o exagerado aumento de 50% da contribuição do Ipesaúde. Ontem, os policiais paralisaram as atividades para cobrar o prometido reinício das negociações sobre a reestruturação da carreira da Polícia Civil. Hoje, os professores realizam assembleia e devem rejeitar a proposta do governo para a retomada da carreira do Magistério. A oposição cobra a implantação do anunciado Programa “Prato do Povo”, também sem previsão para chegar à mesa dos miseráveis. A falta de obras estruturantes, a queda da receita estadual, a insatisfação dos servidores, etcétera e tal começam desmascarar a exagerada propaganda oficial, numa clara demonstração de que a lua de mel entre o executivo estadual e os sergipanos está no fim. Pelo visto, Fábio Mitidieri terá que se virar nos trinta se quiser apagar a imagem de que o seu festivo governo faz mais espuma do que chopp. Marminino!


Mordomias do Senado


O jornalista Cláudio Humberto publicou no site Diário do Poder uma nota sobre as exageradas assessorias dos senadores. “A maior parte dos gabinetes acumula uma centena de assessores, número semelhante aos empregos gerados por empresas de médio porte”, escreveu. Segundo ele, a diferença é que os gordos salários de até R$ 24,7 mil em gabinetes do Senado são bancados pelos contribuintes. Finalizando, Cláudio Humberto escreve que “Rogério Carvalho (PT-SE) adora tudo isso. Além de 83 assessores, é um dos que mais pediram ressarcimento de despesas: R$ 454,1 mil”. Home vôte!


Meio bilhão em obras


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), apresentou as primeiras obras a serem executadas com os R$ 500 milhões emprestados pelo Novo Banco do Desenvolvimento (NBD). Em evento concorrido, o pedetista assinou o documento que autoriza o processo licitatório de 11 projetos estruturantes que integram a primeira etapa do programa “Aracaju Cidade do Futuro”. Entre as obras se destacam as infraestruturas do canal da zona de Expansão e de vários loteamentos, além da reestruturação da Avenida Tancredo Neves. A previsão é que, até o final deste ano, as obras sejam iniciadas, aplicando na cidade cerca de R$ 290 milhões, 55% do total do financiamento. Supimpa!


Tiro no pé


Quem vai às ruas ou rodovias protestar contra a retirada de seus direitos não sabe o tamanho de prejuízo que causa ao queimar pneus e outros objetos na via pública. O fogo destrói o asfalto, recuperado depois com dinheiro dos impostos pagos pelos próprios manifestantes. Ademais, atear fogo intencionalmente em ruas, avenidas e rodovias transforma a manifestação em “crime de dano qualificado pelo uso de substância inflamável e contra o patrimônio público”. Pense nisso antes de riscar o fósforo. Crendeuspai!


Contra a privatização


Dirigentes do sindicato dos trabalhadores da Deso pediram o apoio do Partido dos Trabalhadores na luta contra a provável privatização da estatal de saneamento básico. Durante a reunião, o presidente estadual do PT, deputado federal João Daniel, se colocou à disposição para intermediar o diálogo entre os partidos de oposição e tratar sobre o tema com outras frentes políticas e o governo de Sergipe. Recentemente, o sindicato divulgou um documento do BNDES que sugere ao Executivo sergipano a demissão de cerca de mil trabalhadores visando enxugar a Deso antes de entregá-la à iniciativa privada de mão beijada. Só Jesus na causa!


Novo sergipano


Nascido na Bahia, Paulo do Eirado Dias Filho é o mais novo cidadão sergipano. Ele recebeu o título de cidadania em sessão especial da Assembleia Legislativa. Autor do projeto concedendo a honraria, o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) destacou a atuação profissional do homenageado, principalmente nas áreas da inovação e educação. Paulo do Eirado trabalhou no Senac, no Sebrae, na Assembleia e atualmente é presidente do Instituto de Tecnologia e Pesquisa da Universidade Tiradentes. Legal!


Imposto desigual


O sistema tributário brasileiro provoca um tipo mais profundo de injustiça, pois onera proporcionalmente os mais pobres em relação aos mais ricos. Estudo do Instituto de Estudos Socioeconômicos revela que os 10% mais pobres da população comprometem 32% da renda com o pagamento de impostos. Para os 10% mais ricos, o peso dos tributos cai para 21%. Nos 10% mais pobres da população, 68,06% são negros e 31,94%, brancos. A faixa mais desfavorecida é composta por 45,66% de homens e 54,34% de mulheres. Êita Brasilzão desigual!


Lero-lero político


Nesta semana, quatro partidos exibem propaganda em rede nacional de rádio e televisão. De hoje até o próximo sábado, Rede, Republicanos, PL e PDT terão inserções na programação noturna das emissoras, sempre entre 19h30 e 22h30. No total, os telespectadores e ouvintes vão suportar 11 minutos e meio de propaganda partidária. Neste segundo semestre, o Republicanos e o PL têm direito, cada um, a um tempo total de 20 minutos de propaganda. O PDT conta com 20 inserções, em um tempo total de 10 minutos. Já a Rede tem cinco minutos de tempo, com 10 inserções no período. Haja paciência!


Novos aracajuanos


Primeira unidade materno-infantil da rede municipal de Aracaju, a Maternidade Lourdes Nogueira está completando hoje seis meses de funcionamento. Neste período, a unidade realizou 1.753 partos, sendo 1.079 normais e 674 cesáreos. Além disso, a maternidade efetuou 6.480 testes de triagem neonatal, 6.095 atendimentos de urgência e emergência e mais de 20 mil exames laboratoriais. De acordo com a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, os números destes seis meses de funcionamento são positivos e demonstram a necessidade da maternidade para a saúde pública de Aracaju. Ah, bom!


Sergipe na lanterna


Nos primeiros seis meses deste ano, o Nordeste criou 334.580 novas empresas. A Bahia liderou na região em número de aberturas de novos empreendimentos: 93.300. Já Sergipe aparece na lanterninha com a criação de apenas 12.686 empresas. Na visão nacional, o segmento de “Serviços de Alimentação”, que engloba atividades como bares, restaurantes, lanchonetes e food trucks, foi o que mais registrou aberturas no período – 140.808 no total. Misericórdia!


Perdidos na periferia


De um bebinho, numa bodega imunda da periferia da capital sergipana: “Entre as pessoas que se anunciam como pré-candidatas à prefeitura, tem daquelas que se abrir mão do Google Maps se perde nas ruas e vielas de Aracaju”. Danôsse!


Comentarios


bottom of page