top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Braços cruzados


Policiais civis de Sergipe voltaram a cruzar os braços, ontem, para reivindicar a retomada das negociações sobre a reestruturação da carreira da categoria. Na semana passada, os agentes também suspenderam as atividades por algumas horas visando pressionar o governador Fábio Mitidieri (PSD) a recebê-los. Segundo o presidente do Simpol, Jean Rezende, esse estado de alerta vai prosseguir até novembro próximo, quando ocorre na capital sergipana o Pré-Caju, um carnaval fora de época promovido pela iniciativa privada. Na próxima terça-feira, os policiais civis voltam a cruzar os braços. Misericórdia!


Rondon de volta


Criado originalmente há 34 anos, pela famigerada ditadura militar, o Projeto Rondon está de volta a Sergipe. Amanhã, a iniciativa do governo federal será lançada, em solenidade agendada para o Palácio dos Despachos, em Aracaju. Esse projeto fez muito sucesso a partir de 1967, quando foi implantado pelo governo do general Emílio Médici. A proposta daquela época era expressar um ideário desenvolvimentista articulado à doutrina de segurança nacional, através de atividades de extensão universitária. O Rondon vai acontecer em Sergipe no começo de 2024, contará com 252 participantes e atenderá 12 municípios. Ah, bom!


Novo vereador


O sociólogo Camilo Feitosa (PT) é o mais novo vereador de Aracaju. O ilustre foi empossado, ontem, na cadeira vaga pela morte da vereadora Ângela Melo (PT), vítima de uma pneumonia que a deixou hospitalizada por três meses. O novo parlamentar tem 32 anos, é natural de Dourados (MS), possui bacharelado e licenciatura em Ciências Sociais e mestrado em Desenvolvimento Territorial. Camilo Feitosa já tinha exercido o mandato entre março de 2019 e janeiro de 2020, quando era suplente do Professor Bittencourt (PDT). Atualmente, o petista ocupava o cargo de coordenador geral do Escritório Estadual de Desenvolvimento Agrário em Sergipe. Boa sorte!


Viola de boca


Já notaram como o governador Fábio Mitidieri (PSD) prefere falar sobre os mais variados assuntos da gestão estadual a ter que delegar essa tarefa aos auxiliares diretos? Tal qual um tocador de sete instrumentos, o fidalgo fala sobre turismo, óleo e gás, obras, agricultura, cultura e o diabo a quatro. Na maioria das vezes, os secretários aparecem ao lado dele, ouvindo as explicações e, naturalmente, balanço as cabeças afirmativamente. Até parece que Mitidieri não bota fé na competência de seus secretários. Ou será que ele é daqueles que veneram o chamado culto à personalidade? Aff! Como escreve a amiga jornalista Thaís Bezerra, com essa só pedindo meus sais aromático!


Medo das eleições


Prefeitos e vereadores candidatos à reeleição em 2024 não escondem o medo da próxima refrega eleitoral. Muitos estão preocupados com o nível das críticas dos adversários, principalmente os novatos na política. Também temem as fake news, praga capaz de fulminar uma candidatura em minutos. Diferente dos pretendentes a novos mandatos, os estreantes na política estão torcendo que chegue logo a hora da verdade. Como franco atiradores, eles só têm a ganhar. Para estes, ser derrotado nas urnas não é necessariamente perder, mas ficar onde sempre estiveram. Cruz, credo!


Alô, negativados!


O Banco do Nordeste está atrás dos devedores do Crediamigo, programa de microcrédito urbano da instituição financeira. Para atrair os negativados, o BNB realiza, amanhã, o Dia “D” do Desenrola Brasil. Somente em Sergipe, cerca de 17 mil microempreendedores com dívidas no “prego” podem regularizar seus cadastros com até 100% de desconto sobre os encargos contratuais das operações. O banco informa que existem, inclusive, opções para quitação ou para parcelamento com prestações a partir de R$ 50. Você está entre aqueles que devem, não negam, mas só pagam quando puder? Crendeuspai!


Sergipe de fora


Sergipe não consta da nova temperada de cruzeiros marítimos, que começa agora em outubro e prossegue até maio de 2024, contemplando 15 estados brasileiros. O setor tem perspectivas positivas, com a expectativa de ofertar 840 mil leitos, crescimento de 6% em relação à temporada atual, e injetar cerca de R$ 3,9 bilhões para a economia brasileira. A última vez que um navio de cruzeiro deu com os costados em águas sergipanas foi em 2007. Naquele ano, o Grand Voyager atracou no Porto de Sergipe com 600 turistas, que estavam de passagem para Santos (SP), última etapa da viagem. Aff Maria!


Por que não liberou?


E as línguas ferinas andam espalhando pelas esquinas de Aracaju que o presidente da Câmara Municipal, vereador Ricardo Vasconcelos (Rede), peca quando cobra a liberação das emendas impositivas. As fofoqueiras argumentam que o distinto assumiu a Prefeitura, durante os 15 dias em que o titular Edvaldo Nogueira (PDT) estava na China, e não liberou a grana que tanto cobrava. Aliás, Antes de ter a caneta de prefeito nas mãos, Vasconcelos chegou a dizer na tribuna da Câmara que ou a gestão municipal pagava as emendas e respeitava o Parlamento “ou o negócio vai mudar”. Pelo visto, até agora não mudou nadica de nada. Marminino!


Aluguel polêmico


A Secretaria da Educação de Sergipe rescindiu o aluguel de um imóvel em Aracaju por R$ 12 mil para alugar outro por R$ 120 mil com a mesma finalidade. Essa afirmação foi feita na Assembleia pelo deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania). “Embora o governo esteja bem, do ponto de vista fiscal e financeiro, na minha avaliação, não podemos desperdiçar dinheiro público”, discursou o cidadanista. Até o momento, a Secretaria da Educação deu calado por resposta à grave denúncia feita pelo parlamentar oposicionista. Home vôte!


Sem nome forte em Aracaju, o PT pode disputar a vice


Não se surpreendam se o PT indicar um candidato a vice na disputa pela Prefeitura de Aracaju. Isso ocorreu em 2016, quando a petista Eliane Aquino foi parceira de chapa de Edvaldo Nogueira (PDT). Em 2024, o partido da estrelinha pode seguir o mesmo rumo, caso Eliane não aceite renunciar a Secretaria Nacional de Renda de Cidadania para disputar a sucessão aracajuana. O outro nome competitivo é o do ministro Márcio Macêdo, porém ele está mais focado na disputa do governo de Sergipe, em 2026. Com esses dois fortes concorrentes fora do páreo aracajuano, o PT pode muito bem se aliar a outra legenda visando enfrentar o candidato dos governistas. Hoje aliado dos petistas, Valadares Filho pode ser o nome na manga da camisa dos vermelhinhos para encabeçar a chapa da oposição, tendo um petista como candidato a vice, tal qual ocorreu em 2016. Ressalte-se que em 2018 o PT também elegeu Eliane Aquino vice-governadora na chapa encabeçada por Belivaldo Chagas (PSD). Para muitos petistas, disputar à Prefeitura da capital sergipana com um nome sem expressão pode prejudicar o projeto político para 2026, quando o partido pretende reeleger o senador Rogério Carvalho e conquistar o governo estadual com Márcio Macêdo. É, pode ser!

Comments


bottom of page