top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Apesar de ser bissexto, 2024 será um ano curto, quase perdido


Não esperem muito deste 2024. Apesar de ter um dia a mais, por ser bissexto, este será um ano curto por conta das eleições. Como neste país tudo se move em torno da política, o pleito municipal vai ocupar parte do tempo do Congresso, polarizar os debates na Assembleia e transformar os plenários das câmaras de vereadores em verdadeiros palanques. Os problemas graves da população serão, mais uma vez, transformados em plataformas de governos pelos prefeituráveis e substanciarão as promessas vazias dos candidatos a vereador. Ao tempo em que empurram as dificuldades do povo com as barrigas, os políticos vão prometer um paraíso aqui na terra. Não esperem dos concorrentes às prefeituras e às câmaras soluções concretas para o desemprego, a precariedade da saúde e da educação, etcétera e tal. Pior é que, mesmo sabendo que está sendo enganada, a maioria da população ficará entorpecida com o festival de mentiras propagado no rádio, na televisão e na internet. Contente com a ladainha dos candidatos, o povo não perceberá 2024 passando rapidamente, só acordando para a realidade em 2025, mas aí já será tarde demais, pois outro um ano terá passado no calendário da vida. Crendeuspai!


Na lupa do TCE


O Tribunal de Contas de Sergipe vai fiscalizar as obras a serem executadas em Aracaju com os R$ 500 milhões emprestados à Prefeitura pelo Banco dos Brics. Convênio nesse sentido foi firmado com a corte por solicitação do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). “Já realizamos aqui um trabalho de auditoria em obras viabilizadas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e desta vez não será diferente. A nossa equipe técnica estará empenhada em fiscalizar e acompanhar a destinação desses recursos”, destacou a presidente do TC, conselheira Susana Azevedo. Ah, bom!


Quem pode, pode


Ganha uma mariola quem souber quantos conselheiros existem nas estatais e autarquias de Sergipe e qual o custo deles para os contribuintes. À boca miúda, comenta-se que alguns apadrinhados participam de dois, três e até mais conselhos consultivos, comparecem a apenas uma reunião mensal e embolsam uma grana razoável. Enquanto essa turma faz a festa, lambuzando-se com o dinheiro público, o servidor estadual sobreviver com um salário de miséria. Cruz credo!


Acorda Leão!


As clínicas que fazem exames de vista e psicológicos de quem precisa tirar ou renovar a carteira de habilitação se reuniram, ontem, com a direção do Detran. Na pauta, a portaria do órgão estatal obrigando as ditas cujas a aceitaram Pix e cartões de crédito e débito como pagamento pelos serviços. Desde esta exigência, que entrou em vigor no ano passado, algumas clínicas vêm reagindo, a ponto de ainda insistirem em não aceitar o Pix, enquanto as demais dizem precisar de mais tempo para receber através de cartões. Como perguntar não ofende: não seria o caso de a Receita Federal verificar in loco qual o verdadeiro motivo da preferência dessas clínicas por dinheiro vivo? Cala-te boca!


Crime ambiental

Quando será que os órgãos ambientais vão adotar providências duras contra quem polui o Rio do Sal, em Nossa Senhora do Socorro? Não é incomum, peixes morrerem sufocados pela grande quantidade de produtos químicos lançados naquele corpo d’água. Quando a mortandade acontece, se anunciam providências, mas a situação continua do mesmo jeito. Será que os poluidores são tão poderosos que impedem o poder público de adotar ações firmes contra eles? Misericórdia!

A África é aqui


O ministro Márcio Macedo (PT) acompanhou o presidente Lula da Silva (PT) na visita à sede da Comunidade Remanescente de Quilombo da Ilha da Marambaia (Arqimar), no Rio de Janeiro. Pelas redes sociais, Márcio informou sobre a visita às ruínas do quilombo, local onde os africanos escravizados eram levados para se recuperar da viagem em navios negreiros até o Brasil. “Eles passavam pela 'engorda' antes de serem comercializados”, escreveu o ministro. Descontraídos, Lula e a esposa Janja da Silva participaram de uma apresentação do jongo, dança originária da África, possivelmente do povo oriundo de Angola. Aff Maria!

Bico seco

A Grande Aracaju ficará sem água tratada nas torneiras a partir das 13 horas de hoje. É que a Deso vai fazer manutenção na rede elétrica da Estação de Tratamento de Água João Ednaldo, localizada em Nossa Senhora do Socorro. A previsão da estatal é que o abastecimento seja normalizado às 18h desta quinta. Além de boa parte da capital sergipana, também ficarão sem água os moradores da Barra dos Coqueiros e de Socorro. Só Jesus na causa!

Não é crime


A colocação de adesivo em veículos contendo apenas o nome de suposto candidato às eleições deste ano não configura propaganda eleitoral antecipada. A Justiça Eleitoral adverte, contudo, que a mensagem não pode reunir elementos que caracterizem apelo explícito ou implícito ao eleitor, de forma que seja associada a eventual candidatura. Fique ligado!


País de contrastes


Enquanto milhões de trabalhadores tentam, sem sucesso, se aposentar com um raquítico salário mínimo, os magistrados adorariam continuar trabalhado após os 75 anos de idade, eternamente se fosse possível. Pensando bem, a Constituição chamada cidadã foi feita para quem ganha o teto salarial, particularmente quando estabelece que o mínimo “deve ser capaz de suprir as necessidades básicas do ser humano”. Talvez o salário dos ministros togados, dos congressistas e de outros poucos seja capaz disso, pois o de quem vai receber um mínimo de apenas R$ 1.412 não é. Danôse!


Socorro financeiro


A Prefeitura de Aracaju concederá um auxílio emergencial temporário, no valor de um salário mínimo, às famílias que perderam todos os pertences no desabamento de um prédio residencial. O acidente aconteceu no último domingo, após o vazamento de gás e uma forte explosão, que deixou cinco mortos e 14 feridos. Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), o benefício será pago pelos próximos três meses para que as famílias possam reorganizar suas vidas. Então, tá!


Sukita é petista


Teve gente que se incomodou ao ler aqui na coluna que o ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita, é filiado ao Republicanos. A bem da verdade, o distinto está no PT desde 2022, quando resolveu apoiar a candidatura a governador do senador petista Rogério Carvalho. Aliás, Sukita guarda algumas semelhanças com o presidente Lula da Silva, principal liderança do PT: assim como o “Barba”, o ex-gestor capelense também foi condenado em 2ª instância e já passou alguns meses na cadeia, sob a acusação de ter metido a mão grande no dinheiro público. Marminino!


Grana devolvida


O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Sergipe (Sintese), professor Roberto Silva, devolveu o prêmio em dinheiro concedido pelo Programa Escola Nota 10. Mesmo com ofício protocolado por ele na Secretaria Estadual da Educação de que só aceitaria o “mimo” se a premiação contemplasse toda a categoria, a pasta depositou os quaraminguás na conta do sindicalista. “Não vou aceitar algo que não é justo, que não reconhece o trabalho e o esforço de todas as trabalhadoras e trabalhadores da Educação. A valorização da nossa categoria acontecerá com a retomada do plano de carreira e não bonificando alguns e excluindo a maioria”, ressaltou Roberto. Cruzes!



Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page