top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

O sonho de golpe virou um pesadelo para os bolsonaristas


Hoje está fazendo um ano da fatídica tentativa de golpe concebida por bolsonaristas radicais, insatisfeitos com a vitória nas unas do presidente Lula da Silva (PT). Felizmente, a democracia resistiu aos terroristas, que terminaram presos e processados após depredarem as sedes dos três podres, em Brasília. Diante do fracassado ato golpista, os bolsonaristas se deram conta que o buraco é mais embaixo. Muitos também perceberam, tardiamente, que foram massa de manobra dos fascistas patrocinadores dos acampamentos golpistas instalados em frente aos quartéis do Exército. Os bolsonaristas radicais fantasiados de verde e amarelo viram o nebuloso sonho de um golpe militar se transformar num pesadelo, pois estão respondendo por uma série de crimes, inclusive o de terrorismo. Tomara que a derrocada desses infelizes tenha servido de exemplo a outros tantos idiotas que insistem em desacreditar as urnas eletrônicas e afrontar os poderes constituídos do Brasil, talvez por se acharem mais realistas do que o rei. São uns energúmenos. Misericórdia!


Sob nova direção


Após ter oficializado na Igreja Católica a união de 22 anos com o deputado federal Gustinho Ribeiro (Republicanos), a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro (SD), se licenciou por 10 dias, entregando a gestão do município ao vice Fábio Frank (SD). A ilustre disse ter certeza que o prefeito interino “exercerá um excelente trabalho e continuará cuidando da nossa cidade”. Ah, o casamento de Gustinho e Hilda foi o evento político deste começo de ano, tendo sido prestigiado, entre outros, pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP/AL), o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, e o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD). Aff Maria!


Cadê a fábrica?


No começo de 2023, o governo de Sergipe anunciou que a empresa Maquigeral iria instalar no estado uma fábrica de mini tratores, num investimento de R$ 116 milhões. Depois, não se falou mais no empreendimento, que deveria gerar cerca de 300 empregos diretos. Alguém sabe informar se as obras de instalação da fábrica já foram iniciadas? Tomara que essa conversa não seja igual àquela ocorrida em 2019, quando empresários prometeram montar em Sergipe uma fábrica de caminhões movidos a gás. Depois de muito lero-lero, os investidores pisaram no freio e não se falou mais no assunto. Marminino!


Trair e coçar...


É estranho ouvir políticos reclamando que foi traído ou que o governo estadual está cheio de ocupantes de cargos em comissão que apoiam a oposição. Ora, e qual é o político que não acende uma vela para Deus e outra para o diabo? Aos indigitados que andam por aí, com anzol nas costas, procurando “traíras”, vale lembrá-los o velho adágio popular: trair e coçar, é só começar. Arre égua!


De braços dados


O ex-governador Jackson Barreto (MDB) e o presidente do União Brasil, André Moura, se uniram em favor da pré-candidatura de Janilson Alves (União) à prefeitura de Santa Rosa de Lima. Durante a festa de filiação do pretendente a prefeito, JB e André nem pareciam aqueles adversários que viviam se bicando. Na campanha eleitoral de 2022, o ex-governador chegou a declarar que não subiria em palanque de corruptos, numa indireta para Moura. Resta saber por quanto tempo vai durar essa união política dos dois. Home vôte!


De olho na Prefeitura


Chamuscada nas últimas eleições, após a derrocada do candidato a governador Valmir de Francisquinho (PL), a direita começa a se organizar para disputar a Prefeitura de Aracaju. A última vez em que os direitistas conquistaram o comando da capital foi em 2012, com o saudoso ex-prefeito João Alves Filho, derrotado por Nogueira ao tentar a reeleição em 2016. Claro que ainda estamos distantes da refrega eleitoral, porém o fato de Edvaldo não poder concorrer, por ter sido reeleito em 2020, aumenta as esperanças de quem sonha em substituí-lo e permite antever que as eleições em Aracaju serão das mais disputadas. Aguardemos, portanto!


Barbas de molho


Comenta-se nas esquinas de Sergipe que a folha corrida de muitos pré-candidatos às prefeituras e câmaras municipais não suporta um rápido olhar jurídico. É só os processos destes camaradas começarem a ser esmiuçados pela Justiça Eleitoral para cair a máscara de muita gente. No momento certo, muitas cabeças vão rolar. E não poderia ser diferente. É preciso expurgar da política aqueles que entraram na vida pública unicamente para meter a mão grande no dinheiro do povo. A estes, aconselha-se colocar as barbas de molho enquanto esperam a hora de a onça beber água. Arre égua!


Sebo nas canelas


O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) retomou as sessões de fisioterapia visando ficar em forma para participar da 39ª Corrida Cidade de Aracaju 2024. Devendo contar com a participação de oito mil atletas, o evento acontecerá no dia 23 de março próximo, e vai pagar R$ 200 mil em prêmios aos primeiros colocados. A Corrida terá três largadas, sendo que a maior será de 24 quilômetros, entre as cidades de São Cristóvão a Aracaju e faz parte das comemorações pela mudança da capital de Sergipe. Supimpa!


Faturando com a fé


O Brasil tem igreja para todos os gostos e bolsos. A expansão da fé acontece em ritmo intenso no país. Para se ter ideia da força desse negócio da fé, a cada hora surge no país uma nova organização religiosa. Segundo o jornal O Globo, a facilidade para a abertura de novas igrejas, o fortalecimento do movimento neopentecostal e a crise econômica são apontados como motivos que podem explicar tal fenômeno. Aliás, enquanto tiver ingênuos para pagar dízimo, vai ter pastor ficando rico nesse Brasilzão de meu Deus. Só Jesus na causa!


Três a três


Com a posse do suplente de deputado estadual Sérgio Reis (PSD), marcada para ocorrer esta semana, Lagarto passará a ter três representantes na Assembleia. Além do pessedista, também são lagartenses os parlamentares Ibrain de Valmir (PV) e Áurea Ribeiro (Republicanos). Reis substituirá o deputado Jorginho Araújo (PSD), que reassumirá a Secretaria Estadual da Casa Civil. Itabaiana é outro município sergipano que também conta com três deputados estaduais: Luciano Bispo (PSD), Luizão Donatrampi (União) e Marcos Oliveira (PL). Então, tá!


Voo cego


Num artigo sobre a viagem que fez a Canindé do São Francisco, o professor doutor da Universidade Federal de Sergipe, Claudefranklin Monteiro Santos, se queixa da falta de sinalização nas rodovias estaduais: “Estranho como na terra de Marcelo Déda [Simão Dias] não tenha uma placa sequer indicando uma via de acesso para Pinhão, por exemplo (inclusive no retorno). Ou mesmo na principal rótula de Nossa Senhora da Glória, que nos aponte o caminho para Monte Alegre e Poço Redondo ou mesmo Canindé. Nesse sentido, bendito o GPS e também o adágio que diz: “quem tem boca, vai a Roma”. Coitados dos turistas que se aventuram pelas mal cuidadas estradas de Sergipe. Crendeuspai!


Comments


bottom of page