top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Disputa eleitoral em Aracaju expõe a frágil unidade governista


O governador Fábio Mitidieri (PSD) terá que se virar nos trinta para manter a unidade dos governistas. As disputas internas pela indicação do candidato à Prefeitura de Aracaju têm fragilizado o espírito de união do grupo, deixando claro que alguns dos rejeitados podem pular a cerca pras bandas da oposição. Quem garante, por exemplo, que o presidente estadual do União Brasil, André Moura, não se rebelará se os aliados recusarem a candidatura da filha Yandra de André (União)? Aliás, essa suspeita aumentou depois que Moura foi fotografado de braços dados com o ex-governador Jackson Barreto (MDB), outro que, em 2022, chutou o pau da barraca governista ao ser preterido para disputar uma cadeira no Senado. E por que o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), permaneceria no time do governador se lhe negarem o direito de indicar Luiz Roberto (PDT) para disputar a sessão aracajuana? Portanto, apesar de os situacionistas insistirem em divulgar que estão super unidos, se Mitidieri não abrir os olhos terá muita dificuldade para impedir o estouro da boiada. Crendeuspai!


Nanicos no pleito


Pode anotar aí: embora com poucas chances de chegarem ao pódio, vários partidos nanicos terão candidatos majoritários nas eleições deste ano. Mesmo com quase nenhum tempo no horário da propaganda eleitoral, as siglas pequenas vão expor suas propostas e atacar as ideias dos candidatos tidos como favoritos. Além do mais, os nanicos serão uma opção para os eleitores que não querem anular os votos, porém se recusam em votar nos candidatos dos chamados grandes partidos. O nome disso é democracia. Legal!


Mutirãozinho em Gararu


O governo de Sergipe promove, hoje, mais um mutirão no interior do estado. O oba oba oficial acontece em Gararu. Batizado de “Sergipe é Aqui”, o evento oferece à população carente ações simples, como medição de pressão arterial e da glicemia, consultas médicas, palestras diversas, jogos de futebol para a meninada, manicure e pedicure para as mulheres, corte de cabelo para os homens, etcétera e tal. O mutirão também permite que os políticos governistas visitem os donos dos currais eleitorais, enquanto assistem, à sombra, os miseráveis disputando serviços que deveriam ser oferecidos pelo estado sem estardalhaço e de forma rotineira. Danôsse!


Decisão no aniversário


O deputado estadual Luciano Bispo (MDB) reuniu, ontem, lideranças políticas e os pré-candidatos a vereador pelos partidos aliados visando discutir as eleições deste ano em Itabaiana. O emedebista informou que esta foi a primeira de várias outras reuniões com o mesmo objetivo. Luciano garantiu que o nome do pré-candidato a prefeito de Itabaiana apoiado pelo grupo será anunciado no dia 13 de março, data de seu aniversário. Na mesma ocasião, serão tornados públicos os nomes do concorrente à vice e dos postulantes à Câmara Municipal de Itabaiana. Então, tá!


Dia de posse


A Federação Sergipana de Futebol promove, hoje, o lançamento oficial do Campeonato Sergipano da Série A1 de 2024. Na mesma solenidade acontecerá a posse do presidente da entidade, vereador Miltinho Dantas (PDT) para um novo mandato de quatro anos. O evento está agendado para começar às 19 horas, no salão de festas do espaço Balacobaco, no bairro Coroa do Meio, em Aracaju. Em julho do ano passado, Milton Dantas tomou posse como vereador de Aracaju, integrando a 43º Legislatura. Ele ocupou a vaga aberta pelo vereador Joaquim da Janelinha, que assumiu a Secretaria de Articulação Política do município. Boa sorte!


Caga em pé


É comum em uma cidade haver ruas com nomes típicos, fruto de denominações populares. Em Aracaju não foi diferente. Veja alguns exemplos: rua do Cachorro Assado (atual rua General Chaves, no bairro São José); Rua das Almas (atual rua Dom Quirino); Beco do Punhal (atual rua Nestor Sampaio, no bairro Ponto Novo); Rua dos Músicos (atual rua Pacatuba); Beco Batina do Padre (atual rua São Francisco, no bairro Santo Antônio; Rua do Caga em Pé (atual rua Campo do Brito). Esta última via ganhou tal nome devido à forte presença de urtigas no local. Home vôte!


Silêncio estratégico


Enquanto muitos políticos não falam outra coisa que não seja sobre as eleições deste ano em Aracaju, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) se mantem de boca fechada. Há quem garanta que este silêncio do pedetista é estratégico. Experiente e sem pressa para entrar nos debates sobre a sua sucessão, o gestor aracajuano acompanha os movimentos dos aliados e, principalmente, dos adversários. Prefere que os outros comentem sobre a disputa eleitoral. Edvaldo sabe que, mesmo sem ele pronunciar uma única palavra, não se discute as eleições em Aracaju sem colocá-lo no assunto. Vixe!


Dívida quitada


A Petrobras recebeu a última parcela referente à venda do Polo Carmópolis para a Carmo Energy, do grupo espanhol Cobra. O pagamento, no valor de US$ 298 milhões, estava atrasado desde 20 de dezembro de 2023. A petrolífera havia publicizado o atraso no pagamento, dizendo que adotaria as “medidas contratuais e legais cabíveis para a cobrança dos valores devidos”. A Petrobras vendeu o Polo Carmópolis, que compreende 11 concessões de produção terrestres de petróleo e gás natural em Sergipe, por US$ 1,1 bilhão. Aff Maria!


Clima quente


A pré-campanha eleitoral em Nossa Senhora do Socorro já anda pra lá de quente. Mesmo não sendo candidato por já ter sido reeleito, o prefeito Padre Inaldo (PP) vive dando estocadas no deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania), postulante à cadeira ocupada hoje pelo reverendo. Aliados de Inaldo dizem cobras e lagartos do também pré-candidato Fábio Henrique (União), que não perde tempo em soltar o verbo contra a gestão do padre. Para quem gosta de barulho, a campanha eleitoral em Socorro promete ser um prato cheio. Misericórdia!


De volta à casa


E quem está de volta à Secretaria da Casa Civil é o deputado estadual Jorginho Araújo (PSD). Ele havia deixado a pasta para reassumir, em dezembro passado, a cadeira de parlamentar que vinha sendo ocupada pelo segundo suplente Manoel Marcos (PSD). Com o retorno de Jorginho ao governo, seu lugar na Assembleia será ocupado por Sérgio Reis (PSD), atual secretário de representação de Sergipe em Brasília. Segundo o governador Fábio Mitidieri (PSD), Reis deve assumir como deputado na próxima semana. Ah, bom!


Quaquaraquaquá


Veja o publicou outro dia um coleguinha colunista: “Ao que parece, cada um dos 75 municípios sergipanos terá a sua academia de letras. Depois virão as academias por bairros e por rua. E Sergipe se tornará um paraíso acadêmico”. É, pode ser!


Comments


bottom of page