top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



O desemprego está fazendo morada em Sergipe


Diferente da propaganda oficial, o desemprego ameaça seriamente a economia sergipana. O último grande golpe em nosso mercado de trabalho foi dado pela Unigel, que, segundo o site Terra, acaba de anunciar a demissão em massa dos empregados da Fafen de Laranjeiras. No mês passado, O grupo Dok colocou no olho da rua 600 operários de sua fábrica de calçados, em Frei Paulo. Estes dois exemplos atestam que Sergipe não é o paraíso pintado pelo governo de plantão. O próprio Executivo pode agravar ainda mais este quadro se acatar a sugestão do BNDES e exonerar cerca de mil empregados da Companhia de Saneamento (Deso). Recente estudo do Dieese atestou que o estado possui a sexta maior taxa de desemprego do Brasil. Lamentavelmente, a geração dos prometidos milhares de postos de trabalho não passa de uma miragem, como a anunciada fábrica de mini tratores, que geraria 300 empregos diretos. E alguém tem notícia da anunciada refinaria chinesa? Aliás, o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) está correto quando diz que “a multiplicação de cargos em comissão é o maior programa de geração de empregos do governo Fábio Mitidieri”. E a afirmação do parlamentar tem fundamento: Só de janeiro a junho de 2023, mais de 2,3 mil cargos comissionados já haviam sido distribuídos com protegidos dos políticos governistas. Assim também, já é demais também!


Denúncia gravíssima


O senador Rogério Carvalho (PT) afirmou que “denúncias apontam que as estruturas do governo do estado estão sendo usadas como ferramentas para intimidar e silenciar opositores políticos daqueles que estão no poder”. Em discurso no Senado, o petista disse ser “inaceitável que as instituições destinadas a proteger os cidadãos estejam sendo instrumentalizadas para servir a interesses partidários”. Segundo Rogério, conselheiros do Tribunal de Contas de Sergipe estão pressionando prefeitos e prefeitas a mudarem de partido sob pena de serem investigados. Também denunciou que “determinados promotores de Justiça agem contra quem faz oposição em meu estado”. Misericórdia!


Tempo ruim


Nuvens carregadas estão sob a cabeça do meteorologista Overland Amaral. O tempo ficou ruim para o distinto desde que a esposa dele, Géssica Aline Barbosa Chagas, 31 anos, foi à Polícia pedir medida protetiva sob a alegação de ter sofrido abuso psicológico e ameaça. Por sua vez, Overland jura que tudo não passa de calúnia e difamação da ex-companheira. As línguas ferinas também andam espalhando pelas esquinas de Sergipe que outro auxiliar do Governo de Sergipe também está cumprindo medida protetiva, após a esposa acusá-lo de agir com violência contra ela. Creudeuspai!


Janela aberta


Os vereadores que pretendem disputar um novo mandato ou o cargo de prefeito nas eleições deste ano já podem trocar de partido. A janela partidária, permitindo pular a cerca para outra legenda, foi aberta hoje e permanece escancarada até o próximo dia 5. Informações de bastidores garantem que a migração em Sergipe será considerável, pois é grande o número de políticos insatisfeitos onde estão. Mas atenção: a janela beneficia apenas os vereadores eleitos em 2020 e que vão se candidatar no pleito de outubro. Deputados só poderão usufruir da medida em 2026. Ah, bom!


De volta à Casa


O médico Doutor Gonzaga (PSD) tomou posse, ontem, como o mais novo vereador de Aracaju. O ilustre retornou à Câmara de Aracaju após quatro anos, assumindo como suplente do vereador Nitinho Vitale (PSD), licenciado para substituir o deputado Fábio Reis (PSD), na Câmara Federal. Ao empossar o pessedista, o presidente do Legislativo municipal, Ricardo Vasconcelos (Rede), disse ter certeza que doutor Gonzaga contribuirá bastante para a qualidade dos debates aqui na Casa, nos ajudará a encerrar com grande estilo a legislatura 2020-2024. Então, tá!


Mercado exterior


Como perguntar não ofende: quando será que Sergipe vai começar a exportar, em larga escala, a nossa renda irlandesa para a a Irlanda? Aff Maria!


Abaixo o feminicídio


A cada 15 horas uma mulher é vítima de feminicídio no Brasil. É o que revela o novo boletim Elas Vivem, da Rede de Observatórios da Segurança. Em 72,70% dos casos, o criminoso era parceiro ou ex-parceiro da vítima. Em 38,12% dos crimes, o assassino estava munido de armas brancas e, em 23,75%, por armas de fogo. Bianca Lima, pesquisadora da Rede de Observatórios da Segurança, defende que “o Estado precisa chegar nessas mulheres antes mesmo que a violência aconteça”. É vero!


Festa no ninho


E quem deve dar com os costados aqui na terrinha é o presidente nacional do PSDB, Marconi Pirillo. O fidalgo vem homologar a ficha de filiação do ex-senador Eduardo Amorim, novo mandachuva do ninho tucano em Sergipe. A festança está agendada para o próximo dia 15 e pode culminar com a decisão de Amorim ser o candidato a vice-prefeito de Aracaju na chapa encabeçada pela vereadora Emília Corrêa (PRD). Por enquanto, essa possibilidade está sendo guardada a sete chaves pelo novo emplumado e a parlamentar aracajuana. Aguardemos, portanto!


Defesa do agro


A Comissão de Agricultura do Senado aprovou o Projeto de Lei criando o Programa de Desenvolvimento da Indústria de Fertilizantes (Profert). De autoria do senador Laércio Oliveira (PP), a iniciativa visa conceder uma série de benefícios tributários para incentivar a produção de fertilizantes no país. De acordo com o pepista, a pandemia de covid-19 e a guerra da Ucrânia evidenciaram os problemas relacionados ao suprimento por meio de importação. Ele cita as dificuldades de logística, disparada do dólar, encarecimento do frete e a escassez dos produtos. “Estes fatores contribuem para prejudicar o agronegócio nacional”, discursa. Só Jesus na causa!


Cadê o dinheiro?


A deputada estadual Linda Brasil (Psol) indaga se a prioridade do governo Mitidieri são as festas? Segundo a distinta, o Executivo “precisa olhar para os municípios mais vulneráveis, garantindo acesso à saúde, educação e infraestrutura”. Linda disse que, apesar da propaganda oficial, o povo não consegue enxergar as ações positivas da gestão Mitidieri. Após ouvir a secretária Estadual da Fazenda, Sarah Andreozzi, dizer que o governo tem fortalecido as contas públicas, Linda sapecou: “Infelizmente, os dados positivos dos cofres públicos não são revertidos para melhorar a vida da nossa gente”. Home vôte!


Defesa de Sergipe


Deputados e deputadas começaram a assinar o Ato de Constituição da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras. Anunciada recentemente pelo presidente da Assembleia, Jeferson Andrade (PSD), a iniciativa visa defender o retorno dos investimentos no estado. Após as assinaturas, serão escolhidos os representantes da Frente e realizados debates com a participação da sociedade, funcionários da empresa, governo estadual, prefeitos e parlamentares em torno de uma pauta única de valorização das atividades petrolíferas em Sergipe. Legal!


Com que roupa?


De um bebinho loroteiro, numa birosca imunda de Aracaju: “O governador Fábio Mitidieri tem dificuldade para arregaçar as mangas porque prefere vestir camisetas de malha e coloridos abadás carnavalescos”. Marminino!

Comments


bottom of page