top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Imitando os cartolas, Mitidieri diz que auxiliar está prestigiado


A afirmação do governador Fábio Mitidieri (PSD) de que o secretário da Saúde, Walter Pinheiro, está garantido no cargo por ter a sua confiança lembra os cartolas do futebol. Estes costumam dizer que o treinador do time está prestigiado dias antes de demiti-lo para satisfazer a torcida. A força tarefa criada pelo governo visando investigar os problemas da Saúde deixa claro que pessedista já não confia tanto assim no auxiliar. Do contrário, o próprio Pinheiro estaria participando dessa imersão de outros secretários na pasta sob seu comando. Ora, a ausência de Walter sinaliza para uma intervenção branca, deixa claro que o governador está decepcionado com ele, a ponto de mandar outros auxiliares investigarem os motivos que estão travando a Secretaria da Saúde. Caso não tenha apego ao cargo, o médico Walter Pinheiro pede pra sair enquanto está “prestigiado” pelo governador, pois do contrário receberá cartão vermelho tão logo a força tarefa conclua o trabalho investigativo. Simples assim!


Loteria do Banese


O Banese informou, após o fechamento do mercado ontem, que o governador Fábio Mitidieri (PSD) sancionou a lei 9.440/2024 autorizando o banco a planejar, organizar e explorar/operar os serviços lotéricos no estado. A instituição bancária comunicou também que contratou a Pwc Strategy& do Brasil Consultoria Empresarial para assessoria visando a implantação da Loteria Estadual de Sergipe. Então, tá!


Extremismo assusta


Em mensagem ao povo, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil manifestou preocupação de que o extremismo político transforme as eleições municipais deste ano num “palco de intolerância”. No documento, elaborado em assembleia geral, a cúpula da Igreja Católica ressalta que, passado “período de sistemáticos e ostensivos ataques”, é o momento de a democracia ser fortalecida. “Preocupa-nos que extremismos, desprezando o projeto de fraternidade social, façam do processo eleitoral um palco de intolerância e de ainda mais violência”, destaca a CNBB. Amém!


Do lado de lá


Os operários de Sergipe que quiserem trabalhar na construção da ponte ligando Neópolis a Penedo devem cruzar o Rio São Francisco. É que o canteiro de obras será instalado do lado alagoano, gerando um considerável número de postos de trabalho. Esta semana, técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) visitaram o local onde será erguido o canteiro de obras. A ponte terá 1,18 quilômetros, com 18 metros de largura e um trecho central em balanço sucessivo de 300 metros, com vãos laterais de 75 metros e vão central de 150 metros. O investimento previsto é de R$ 268,4 milhões. Aff Maria!


Eleições no cardápio


Rifada pelo próprio partido em seu desejo de disputar a Prefeitura de Aracaju, a deputada federal Katarina Feitosa (PSD) não desiste de discutir a sucessão municipal. Ontem, a fidalga almoçou com o vereador e prefeiturável Fabiano Oliveira (PP). Nem precisa dizer que o principal prato foram as eleições em Aracaju. Mesmo não tendo o apoio da direção local do partido, Katarina espera ter seu nome imposto como candidata a prefeita pelo presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab. Já Fabiano tem dito que só desiste de concorrer à Prefeitura se os governistas chegarem a um consenso em torno de um único nome. Tá difícil, viu? Home vôte!


Secos e molhados


Não é exagero comparar o Congresso a um armazém de secos e molhados. Assim como os bem sortidos empórios, o legislativo brasileiro oferece políticos para todos os gostos e bolsos. Diferente do armazém, onde quem paga a conta é o freguês, no Congresso as compras feitas pelo inquilino do Palácio do Planalto são custeadas pelo povo. Em vez de dinheiro, o presidente de plantão paga as “mercadorias” - também conhecidas por votos favoráveis aos projetos governistas - com emendas parlamentares, cargos federais e, segundo as línguas ferinas, otras cositas más. Assim também já é demais também!


Adeus a um comunista


Sergipe se despediu, ontem, do ex-preso político Milton Coelho, um dos muitos torturados durante a famigerada Operação Cajueiro, desencadeada em Sergipe pelo Exército. Ele e vários outros democratas foram presos e torturados em 1976, nas dependências do quartel do 28º Batalhão de Caçadores, em Aracaju. Por conta das torturas, Milton Coelho perdeu a visão por completo: “Até hoje tenho a marca das algemas de ferro nos pulsos, a mão inchou. Saí dali sem visão”, narrou ele, durante depoimento à Comissão Estadual da Verdade. Descanse em paz, camarada!


Mundo cão


Pesquisa mostra que 65% das gestantes condenadas poderiam cumprir prisão domiciliar, por ter cometido crimes de menor poder ofensivo, como porte de drogas e pequenos furtos. Realizado pela Fiocruz, o estudo indica que 40% das presas gestantes têm mais de quatro filhos, a maioria não desejava a gravidez, 5% tentaram fazer aborto e 50% tiveram depressão pós-parto. Pior, somente 3% tiveram acompanhamento durante o parto, enquanto 40% não receberam nenhuma visita durante a gravidez. Danôsse!


Grana a caminho


O governo de Sergipe começa a pagar a folha salarial deste mês na próxima quarta-feira. Os primeiros a botarem a grana no bolso serão os aposentados e pensionistas. No dia 25, será a vez dos servidores da Secretaria Estadual da Saúde e suas fundações, assim como do pessoal da Secretaria da Educação e Cultura. Já na sexta-feira, recebem os salários servidores das demais secretarias, empresas, autarquias e fundações. Quem está aniversariando agora em abril também vai receber a primeira parcela do 13º salário. Legal!


Fole furado


Não será mais hoje o ‘Arraiá me engana que eu gosto’, anunciado pelo Sindicato do Fisco de Sergipe para a porta do Palácio de Despachos, em Aracaju. Reunidos em assembleia, os “brincantes” resolveram suspender o forrobodó-protesto após o governador Fábio Mitidieri (PSD) ter prometido recebê-los na próxima semana. Os auditores estavam por aqui porque o governo vinha dando calado por resposta às suas reivindicações salariais. Segundo os suplicantes, as perdas da categoria já superam os 42%, porém o último reajuste concedido pelo Executivo sergipano foi aquela esmola de 2,5%. Crendeuspai!


Solidário a Linda


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), se solidarizou com a deputada estadual Linda Brasil (Psol), após a parlamentar denunciar ter sido novamente ameaçada de morte. Em seu perfil na rede social “X” (antigo Twitter), o pedetista escreveu ser inaceitável essa situação: “Quero me solidarizar à deputada estadual Linda Brasil, que, pela terceira vez, foi vítima de ameaça. É intolerável qualquer tipo de violência, sobretudo a de gênero. O caso precisa ser elucidado e os responsáveis identificados e punidos pelo crime”, afirmou o prefeito. Misericórdia!


Comments


bottom of page