top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Governistas vão rachados para as eleições de Aracaju


Na campanha eleitoral que se avizinha os governistas de Aracaju devem subir em palanques diferentes. À boca miúda afirma-se ser praticamente certo o racha entre os grupos liderados pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e pelo mandachuva do União Brasil, André Moura. O pedetista quer eleger Luiz Roberto (PDT) como seu sucessor, enquanto Moura não abre mão da candidatura da herdeira Yandra de André (União). Ressalte-se que aliados da pré-candidata e deputada federal Katarina Feitoza (PSD) juram que nem amarrados votam no pupilo de Nogueira. O senador Alessandro Vieira (MDB) também já tornou público que não apoia Yandra: “não há possibilidade de eu injetar minha energia, meu esforço, num projeto que entregue o cofre de Aracaju para André”, frisa o emedebista. Para quem não lembra, Moura foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal a oito anos de cadeia por peculato, desvio e apropriação de recursos públicos. E para completar o quadro de desunião, os bolsonaristas que compõem o governo preferem ter o vereador Fabiano Oliveira (PP) como candidato a prefeito. Estes não escondem que se o pepista for preterido podem cruzar os braços na campanha eleitoral. Cabe ao governador Fábio Mitidieri (PSD) se virar nos trinta para minimizar os efeitos desse racha iminente, sob pena de ver ameaçada a sua reeleição em 2026. Marminino!


Mudança no ninho


Mandachuva do PSDB em Sergipe, o ex-senador Eduardo Amorim empossou Thiago Silva na presidência do diretório tucano da capital sergipana. “Com a força e os ideais dessa nova geração, acredito que vamos transformar a realidade de Aracaju e do nosso estado”, discursa Amorim, tido por muitos como o provável parceiro de chapa da prefeiturável Emília Corrêa (PL). Essa possibilidade aumenta porque quem manda no PL em Sergipe é o dublê de político e empresário Edvan Amorim, irmão do ex-senador. Aliás, as línguas ferinas juram de pés juntos que se o candidato a vice não for Eduardo, o PL não homologa a candidatura de Corrêa. Home vôte!


Martelo batido


A Executiva Nacional do PT homologou, ontem, a pré-candidatura de Candisse Carvalho à Prefeitura de Aracaju. Além dela, foram homologados outros 63 prefeituráveis petistas em municípios com mais de 100 mil eleitores. De acordo com a Executiva, as pré-candidaturas foram aprovadas durante a realização de encontros municipais ou prévias realizadas de acordo com as normas já estabelecidas pelo Diretório Nacional do PT. Para quem não sabe, Candisse vem a ser esposa do senador petista Rogério Carvalho. Ah, bom!


JB virou selo


Os Correios lançaram, ontem, um selo em homenagem aos 80 anos do ex-governador de Sergipe, Jackson Barreto (MDB). A iniciativa é dos trabalhadores e aposentados da estatal aqui no estado. JB foi funcionário dos Correios e tem uma ótima relação com os empregados daquela estatal. O selo com a foto do emedebista ressalta a trajetória política de Jackson por Sergipe e pelo Brasil. Nascido em Santa Rosa de Lima, no dia 6 de maio de 1944, JB foi vereador, prefeito de Aracaju, deputado federal, vice e governador de Sergipe. Taí uma homenagem merecida!


Sucessão no cardápio


Alguns governistas se reuniram, ontem, num restaurante de Aracaju. O prato principal foi a sucessão do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Os prefeituráveis Fabiano Oliveira (PP) e Danielle Garcia (MDB) dividiram o cardápio políticos com o senador Alessandro Vieira (MDB), o vice-governador Zezinho Sobral (PSB), o vereador tucano Manuel Marcos, o assessor governamental Milton Andrade e o ex-deputado estadual Zezinho Guimarães. Este último, até onde se sabe, é oposição ao governo Mitidieri (PSD). Entre uma garfada e outra, Fabiano afirmou que “política é a arte de dialogar. Juntos, podemos fazer a diferença!”. Então, tá!

Partidos de aluguel

Por que será que existem tantos partidos políticos no Brasil, se boa parte deles poderia se fundir numa única legenda sem prejuízo ideológico para os demais? Alguém pode dizer que isso é resultado do pluripartidarismo. Não é! Na verdade, boa parte dessas legendas não passa de siglas de aluguel, que só aparecem nas campanhas eleitorais para negociar apoio a candidaturas e vender o tempo de propaganda no rádio e na televisão. Como se vê, além de confundir a cabeça do eleitor, essas siglas de aluguel servem apenas para políticos espertos se locupletarem com o dinheiro público. Crendeuspai!


Sob nova direção


A Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura está sob nova direção desde ontem. O engenheiro civil Igor Albuquerque foi nomeado secretário interino pelo governador Fábio Mitidieri (PSD) em substituição a Luiz Roberto (PDT), que deixou a pasta para cuidar de sua pré-candidatura a prefeito de Aracaju. Antes da troca de postos, Mitidieri, Luiz e o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) visitaram algumas obras na capital sergipana. O prefeiturável disse que em pouco mais de um ano, apresentou resultados significativos em relação ao planejamento estratégico do governo de Sergipe. Ah, bom!


Novo aracajuano


O publicitário e cineasta Lelê Teles é o mais novo cidadão aracajuano. Em solenidade realizada, ontem, na Câmara Municipal, o distinto recebeu o título de cidadania conferido por indicação do vereador Professor Bittencourt (PDT). Nascido em Brasília e batizado Klaudy Teles Gonçalves, “Lelê” chegou em Aracaju em setembro de 2008 para trabalhar numa agência de publicidade. “Essa cidade sempre me acolheu muito bem e eu sempre fui bem recebido pelas pessoas”, disse o novo aracajuano, ao agradecer pela homenagem. Legal


Fofoca influencia


Ter o voto influenciado por fake news é uma preocupação de 75% dos eleitores. Segundo pesquisa encomendada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, entre os mais jovens, com até 34 anos, o receio sobe para 82%. Cerca de um terço (34%) dos entrevistados tem o hábito de compartilhar informações sobre políticos pelas redes sociais. Vale ressaltar que quem espalhar fake news e for identificado pode responder criminalmente. As tipificações variam entre crimes contra a honra, difamação, calúnia e outros delitos, a depender do contexto da desinformação disseminada. Aff Maria!


Solidariedade


O Aeroporto de Aracaju abriu um ponto de coleta para arrecadar donativos destinados às vítimas dos temporais e enchentes no Rio Grande do Sul. Segundo a Aena, o material coletado será transportado gratuitamente pelas empresas de aviação e a Força Aérea Brasileira até municípios gaúchos. Podem ser doados itens como água potável, produtos de higiene, alimentos não perecíveis e roupas. Não podem ser doados itens como óleo de cozinha, produtos corrosivos e/ou inflamáveis. Participe!


Comments


bottom of page