top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



As eleições em Sergipe podem transformar aliados em adversários


A falta de lideranças fortes, tanto do lado governista quanto do flanco da oposição, deve embaralhar o jogo político para 2026. As marchas e contramarchas da pré-campanha municipal permitem suspeitar que muitos aliados de hoje podem se transformar em adversários no futuro. Quem garante que, após ter se juntado ao PT, o grupo do prefeito de Socorro, Padre Inaldo (PP), permanecerá na canoa governista? E alguém aposta uma moeda furada na continuidade da aliança do União Brasil de André Moura com o PDT do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira. Ambos já lançaram pré-candidatos à Prefeitura da capital sergipana e alardeiam aos quatro cantos que disputarão uma vaga no Senado, em 2026. Certamente, estarão em lados opostos, pois o barco governista é pequeno demais para os dois. Na oposição o quadro não é diferente. O Cidadania, que saiu do pleito de 2022 se opondo ao governo Mitidieri (PSD) já se dividiu, tendo o deputado Samuel Carvalho se bandeado para a situação. Os desencontros entre o senador Rogério Carvalho (PT) e o ministro Márcio Macêdo (PT) permitem antever que os dois vão bater chapa na disputa senatorial. Aliás, não faltam exemplos de discórdias nos bastidores, pois a maioria das peças desse intrincado tabuleiro não pensa em outra coisa que não seja puxar as brasas para suas sardinhas. Home vôte!


Sergipana governa a Bahia


Nascida em Aracaju, a desembargadora Cynthia Maria Pina Resende é governadora da Bahia. Presidente do Tribunal de Justiça do vizinho estado, a ilustre sergipana substituiu o titular Jerônimo Rodrigues (PT) que avionou à Europa para participar da Missão do Consórcio Nordeste. Cynthia assumiu o governo baiano porque o vice-governador Geraldo Júnior (MDB) e o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Adolfo Menezes (PSD), se consideram impedidos para tal. A magistrada sergipana vai governar a Bahia até o próximo sábado, quando o petista Jerônimo Rodrigues retornará ao país. Marminino!


Grana a mais


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), anunciou um reajuste salarial linear de 4% para todos os servidores municipais. Projeto de Lei nesse sentido será enviado à Câmara Municipal para apreciação dos vereadores. O pedetista ressaltou que o aumento concedido nos salários é acima do índice de inflação registrado no último ano, que foi de 3,93%. Nogueira lembrou que por ser este um ano eleitoral a legislação só permite a recomposição da inflação. O reajuste vai causar nas finanças da Prefeitura um impacto de aproximadamente R$ 100 milhões por ano. Então, tá!


Vaquinha liberada


As vaquinhas virtuais para apoiar candidaturas nas eleições municipais deste ano já podem ser feitas. Essa modalidade de arrecadação de recursos deve seguir regras específicas, e empresas de financiamento coletivo precisam estar cadastradas na Justiça Eleitoral. Caso a pré-candidata ou o pré-candidato não solicite o registro de candidatura, as doações recebidas através das vaquinhas deverão ser devolvidas aos doadores. O TSE também alerta que, mesmo com o início do prazo, não pode existir nenhuma ação de propaganda eleitoral antecipada e visando pedir votos. Portanto, abra o olho!


Canteiro de obras


Ontem foi um dia importante para Sergipe e Alagoas. Em evento realizado na cidade de Penedo, foi instalado oficialmente o canteiro de obras da ponte que ligará os dois estados. Com as presenças dos prefeitos Hélio Lopes e Célio de Zequinha, respectivamente, de Penedo e Neópolis, o consórcio de construtoras recebeu a licença ambiental para instalar o canteiro do lado alagoano. Isso significa dizer que os quase 200 empregos direitos serão ocupados por trabalhadores de Alagoas. Orçada em R$ 202 milhões, a ponte terá 1,18 quilômetro de comprimento, com 21 metros de largura e interligará as rodovias estaduais AL-225 e SE-335. Supimpa!


Tirou o time


O jornalista Daniel Rezende postou no grupo do WhatSapp Política de Fato que, durante reunião realizada ontem à noite, o pré-candidato à Prefeitura de Boquim, empresário Jorge Mitidieri (PSD), “selou a sua desistência na disputa. Com isso, a oposição fica sem nome para enfrentar o projeto de sucessão de Eraldo Andrade (PP)”. No dia 8 de abril último, a pré-candidatura do empresário, que é tio do governador Fábio Mitidieri (PSD), foi lançada oficialmente pelo presidente nacional do partido, Gilberto Kassab. Misericórdia!


Obra de rosca


Iniciada no distante 2014, a rodovia SE-255 Ligando Itaporanga a Itabaiana não tem prazo para ser concluída. Pelo que se sabe, o motivo da demora não é falta de recursos, pois o ex-governador Belivaldo Chagas (Pode) conseguiu um empréstimo visando concluir aquela via. O que está impedindo a conclusão da rodovia é uma questão ambiental que não tem solução à vista. Com apenas 52 quilômetros de extensão, a estrada será de fundamental importância para desafogar o trecho da BR-235, entre Itabaiana e Aracaju. Aguardemos, portanto!


Caraminguás a caminho


O governo de Sergipe inicia no próximo dia 27 o pagamento da folha salarial deste mês. Os primeiros a receber os salários são os aposentados e pensionistas. No dia 28, recebem os servidores da Secretaria Estadual da Saúde e suas fundações, além dos servidores da Secretaria da Educação e da Cultura. Na quarta-feira (29), botam a grana no bolso os servidores das demais secretarias, empresas, autarquias e fundações. Todos os funcionários aniversariantes agora em maio vão receber a primeira parcela do décimo terceiro. Ah, bom!


Vereador punido


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral manteve a decisão do juiz de direito Cristiano César Braga de Aragão Cabral condenando o vereador de Malhada dos Bois, Lenaldo Santana Santos, a pagar uma multa de R$ 53,2 mil. O distinto foi punido por divulgar em grupo de WhatSapp uma pesquisa eleitoral apontando que um candidato da preferência dele liderava a disputa eleitoral. Lenaldo não levou em conta a Legislação exigindo que consultas de opinião pública relativas às eleições devem ser registradas previamente na Justiça Eleitoral. Só Jesus na causa!


Cadê o dinheiro?


O deputado estadual Marcos Oliveira (PL) quer saber como está sendo gasto o dinheiro arrecadado pelo governo de Sergipe através do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza, criado para receber 1% de todo o ICMS arrecadado no estado. O parlamentar afirma que essa informação se torna necessária principalmente após Sergipe aparecer num estudo do IBGE como o campeão da fome no Brasil. Segundo o levantamento, cerca de 126 mil pessoas no estado acordam sem saber de terão algo para comer ao longo do dia: estão literalmente passando fome. O IBGE também revela que a insegurança alimentar atinge cerca de 50% da população sergipana. Desconjuro!


Haja forrobodó!


Veja o que publicou nas redes sociais a jornalista Gleice Queiroz: “Depois de passar 10 dias nos Estados Unidos e outros 10 dias na Europa, o casal governista Fábio e Érica Mitidieri voltará a Sergipe renovado para os 60 dias de forró”. Maldade!

Comments


bottom of page