• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



O perigo de uma convulsão social


Enquanto a classe política só tem olhos para as presidências da Câmara Federal e do Senado, o Brasil caminha perigosamente na direção de uma convulsão social. Não bastasse o agravamento da pandemia e a falta de interesse do governo Bolsonaro em combate-la à luz da ciência, milhões de miseráveis deixaram de receber o auxílio emergencial. Sem esse dinheiro, vai aumentar a fome e o risco de saques aos estabelecimentos comerciais. Para agravar a já periclitante situação, os caminhoneiros ameaçam fazer greve, a partir do próximo dia 1º, em protesto contra os elevados preços dos combustíveis. Essa paralisação é tudo que não pode acontecer, pois sem os caminhões rodando ocorrerá o desabastecimento de gêneros essenciais para a sobrevivência da população. Esta greve pode ser a faísca que falta para o Brasil se convulsionar e aí será salve-se quem puder. Ó Senhor, tende piedade de nós!


Brincando de eleição


Um animado grupo de políticos desembarca hoje em Aracaju para brincar de eleição. A turma é capitaneada pelo deputado federal Arthur Lira (Progressista), candidato a presidente da Câmara. A visita não tem qualquer sentido prático, pois seis dos oito parlamentares sergipanos já anunciaram voto no dito cujo de Alagoas. Bem que a comitiva poderia usar a grana torrada nesse passeio para socorrer famílias em petição de miséria. Como estão se lixando para o povo, os distintos vão bater pernas pela cidade, visitar o governador Belivaldo Chagas (PSD) e depois, leves e soltos, avionar por esse Brasilzão de meu Deus. Desconjuro!


Conversa com o general


E quem tem reunião agendada com o general Eduardo Pazuello é o padre Inaldo, prefeito de Socorro. Marcado para hoje, o encontro visa discutir detalhes sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19. O reverendo foi convidado para a conversa virtual com ministro da Saúde pela Frente Nacional dos Prefeitos. Aliás, tanto Inaldo quanto seus colegas gestores já sabem, de cór e salteado, a resposta do milico: “A imunização começa na hora H do dia D”. Misericórdia!


Pressão externa


Cerca de 40 entidades e movimentos sociais lançaram o “Manifesto aos Vereadores e Vereadoras de Aracaju”. O documento defende que a vereadora Linda Brasil (PSOL) presida a Comissão de Saúde, Direitos Humanos, Assistência Social e Defesa do Consumidor do Legislativo. Nem precisa dizer que Linda ficou feliz da vida: “Receber mais esse apoio da população é gratificante e respalda a nossa atuação na Câmara”, diz a vereadora mais votada da capital. Supimpa!


Tudo como dantes


Afastado do cargo em outubro passado, portanto no finzinho do mandato, o prefeito reeleito de Indiaroba, Adinaldo do Nascimento dos Santos (MDB), está de volta à Prefeitura. O tucano é acusado por irregularidades no contrato para a coleta de lixo na cidade. Segundo a defesa de Adinaldo, esta última decisão da Justiça respeitou a vontade popular, que reelegeu o prefeito com 60,93% dos votos. Ah, bom!


Medo do capitão


Alguém sabe por que o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra nunca mais promoveu grandes manifestação populares ou ocupou propriedades improdutivas? Segundo as línguas ferinas, as lideranças do MST botaram a viola no saco com medo do capitão de pijama. Não é pra menos: com os latifundiários e seus capangas armados até os dentes, fica difícil enfrenta-los apenas com foices, enxadas e facões. Creudeuspai!


Ciúme de homem


O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) agiu rápido para apagar um princípio de incêndio político em Capela. Aliado do ex-prefeito daquele município, Manoel Sukita (Republicanos), o pessedista recusou, educadamente, o apoio do ex-prefeito de Ilha das Flores, Cristiano Beltrão (PSC). O capelense ficou desconsolado desde que o adversário prometeu votar em Mitidieri para o governo de Sergipe. Sukita não engole Cristiano, a quem só chama de gigolô, desde que o rival se casou com a ex-esposa dele e prefeita de Capela, Silvany Mamlak (PSC). Marminino!


Quem me quer?


De olhos grandes nas eleições de 2022, o DEM sergipano quer crescer a aparecer. Sua diretoria decidiu iniciar uma campanha de filiação visando atrair novos quadros políticos para a legenda. A missão de aumentar a família demista foi confiada ao vereador aracajuano Breno Garibaldi e a Saulo Vieira. As demais lideranças do partido também estão autorizadas a arrebanhar almas interessadas em virar democratas de papel passado. O projeto de filiação recebeu a bênção da senadora Maria do Carmo. Então, tá!


Prepare o bolso


O sindicato das empresas de ônibus de Aracaju já começou a campanha para aumentar a passagem de ônibus. Em nota enviada à imprensa, a entidade chora miséria e insinua que se o valor da tarifa não for majorado o sistema pode entrar em colapso. Mentira! Esse lero-lero é antigo e visa convencer a população sobre a necessidade de a Prefeitura reajustar as passagens. Seria bom que, antes de pensar em reajuste, as empresas melhorassem o serviço oferecido, que é de péssima qualidade. Fiquem de olho!


Portas abertas


A Igreja Quadrangular colocou seu espaço físico à disposição da Prefeitura de Aracaju para a vacinação contra a Covid-19. A oferta foi feita ao prefeito Edvaldo Nogueira pelos pastores Luiz Antônio e vereador Diego. “Torço que esta atitude sirva de inspiração para outras instituições”, disse o pedetista aos reverendos. Aliás, prepare o braço porque a vacinação já tem data definida para começar em Aracaju: será na hora H do dia D. Danôsse!


Recorte de jornal



Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 21 de janeiro de 1912.