top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

A esquerda de Aracaju não se une nem a pau


Dividida e carente de nomes com potencial de votos, a esquerda de Aracaju caminha a passos largos para uma derrota nas eleições deste ano. Repetida por décadas, a frase “a esquerda não se une nem na cadeia” cai como uma luva para a falta de unidade dos partidos ditos esquerdistas. Achando pouco, o PT trava uma briga interna desde que o grupo liderado pelo senador Rogério Carvalho resolveu lançar a jornalista Candisse como pré-candidata a prefeita de Aracaju. Contrariados, os aliados do ministro Márcio Macêdo (PT) já anunciaram que não votam na fidalga nem que a vaca tussa. Aliás, os macedistas querem empurrar goela abaixo dos petistas a candidatura de Valadares Filho (SD), um político que sempre transitou com desenvoltura na chamada direita moderada. Por sua vez, o Psol está decidido a disputar a Prefeitura com a advogada Niully Campos, que obteve apenas 4,93% dos votos nas últimas eleições para o governo de Sergipe. Já o PSTU ainda não se manifestou sobre o pleito deste ano, contudo é quase certo que não apoiará candidaturas de outras legendas. Portanto, a combalida e desunida esquerda aracajuana é franca favorita a mais uma derrota eleitoral nas eleições que se avizinham. Quem viver, verá!


Auditores invocados


Os auditores tributários estão por aqui com o governo de Sergipe desde que, segundo eles, a Secretaria estadual da Fazenda quebrou o acordo das negociações salariais. Hoje, o Sindicato da categoria reúne seus conselheiros para tratar sobre a quebra de palavra da gestão Mitidieri. Amanhã, uma assembleia geral definirá se os auditores decretam greve geral. Diante do clima tenso, o site do sindicato destaca em letras garrafais as frases “Promessa é dívida” e “O Fisco merece respeito”. Pelo visto, a cobra vai fumar. Crendeuspai!


Brasil Verde


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) realiza, hoje, uma reunião com governadores do Consórcio Brasil Verde. Além do gestor de Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD), prestigiarão o evento no Rio de Janeiro outros 14 governadores. No encontro, serão detalhadas as condições do Fundo Clima e do Programa BNDES Invest Impacto. O objetivo é estimular a elaboração de projetos estaduais que possam ser financiados pelo Banco e tenham como foco a mitigação das mudanças climáticas. Então, tá!


A praia é do povo


A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado adiou para a próxima semana a votação do Projeto de Lei garantindo o acesso e o uso público das praias. De autoria do senador Rogério Carvalho (PT), essa propositura confronta uma outra apresentada pelo ex-deputado federal Arnaldo Jordy (Cidadania-PA) permitindo, entre outras coisas, a venda das praias a particulares. O governador Fábio Mitidieri (PSD) foi um dos sete deputados federais de Sergipe que, em 2022, votou favorável à chamada PEC das Praias. Na votação dessa proposta pela Câmara Federal, o deputado João Daniel (PT) foi o único da bancada sergipana que disse não à possibilidade de privatização de nossos balneários. Cruz, credo!


Batendo pernas


O ministro Márcio Macêdo (PT) participou da equipe que acompanhou o presidente Lula da Silva (PT) à Bolívia. No encontro do “Barba” com o presidente boliviano Luis Arce foram assinados acordos de cooperação nas áreas de energia, logística, gás natural, meio ambiente e comércio. Segundo o petista sergipano, a pauta incluiu, ainda, a defesa da democracia e a experiência de retomada da participação social no Brasil, G20 Social e Cop 30 na Amazônia. Lula também reafirmou apoio e solidariedade do Brasil a Arce e ao povo boliviano, após a tentativa de golpe de Estado no último 26 de junho. Home vôte!


Os copa do mundo


Nesta campanha eleitoral que se avizinha o cidadão vai se reencontrar com políticos rejeitados em pleitos anteriores e que tentarão novamente conquistar um mandato. Tal qual um viciado em drogas, a maioria dos políticos não consegue viver sem mandato, embora muitos, apesar do esforço, nunca consigam se eleger. Portanto, qualquer hora dessa, você vai receber “santinhos” de velhos conhecidos, que circularão por aí fazendo promessas vazias em troca de votos. Caberá ao eleitor definir se estes derrotados em eleições passadas merecem uma chance ou simplesmente devem ser rejeitados outra vez. Danôsse!


Caraminguás reajustados


O governo de Sergipe anunciou, ontem, o reajuste salarial das forças de segurança do estado. O texto será encaminhado ainda hoje para votação dos deputados estaduais, na Assembleia Legislativa. O anúncio é reflexo das negociações com a Comissão Mista de Trabalho, iniciadas em março, e prevê um reajuste de 7% a partir de julho de 2024 e de até 7% a partir de agosto de 2025, entre outros benefícios para as categorias. À boca miúda comenta-se que no meio dos policiais civis, militares e penais, o benefício anunciado pelo governador Fábio Mitidieri (PSD) deixou muito a desejar. Misericórdia!


Os esquecidos


Os empregados das empresas estatais estão impacientes com a demora do governo de Sergipe em anunciar o reajuste salarial para eles. Estão vivendo esta expectativa o pessoal lotado nas Emgetis, Coderse, Emdagro, Codise, etcétera. Pelo visto, todos ainda terão que aguardar mais um pouquinho pelo aumento de seus caraminguás. Questionada sobre quando será concedido o reajuste salarial ao pessoal das empresas públicas, uma fonte do governo foi curta e grossa: “Está na fila de análise do governador” Fábio Mitidieri (PSD). Só Jesus na causa!


Agora vai!


A pré-candidata a prefeita de Aracaju, Candisse Carvalho (PT), foi recebida em Brasília pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Ao sair do encontro, a petista revelou ter recebido a garantia de que o Ministério estará de portas abertas e apoio às propostas de Aracaju, “como o presidente Lula já vem fazendo”. Em outubro do ano passado, a pré-candidata petista deixou o cargo de assessora executiva do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome já de olho na Prefeitura de Aracaju. Ah, bom!


Conselho de graça


Sergipe terá um Conselho composto por ex-governadores. Projeto de Lei neste sentido foi aprovado, ontem, pela Assembleia Legislativa. O órgão consultivo visa fornecer aconselhamentos estratégicos ao chefe do Executivo e se reunirá duas vezes por ano. Deverão participar os ex-governadores Antônio Carlos Valadares (SD), Jackson Barreto (MDB) e Belivaldo Chagas (Pode). Com problemas de saúde, dificilmente o ex-gestor Albano Franco (PSDB) comparecerá às reuniões. O Projeto estabelece que os conselheiros não vão ganhar nadica de nada, reforçando o ditado popular: “Se conselho fosse bom, ninguém daria de graça”. Marminino!


Novo livro


O escritor, jornalista e publicitário Carlos Cauê vai lançar seu novo livro ‘Tempo das Esperas’ no próximo dia 17 de julho. O evento está agendado para o Museu da Gente Sergipana a partir das 18 horas. ‘Tempo das Esperas’ reúne a produção poética do autor nos últimos anos, inclusive do período da pandemia causada pela Covid-19, e está dividido em quatro partes: eis o homem, tempo, pausa e das esperas. ‘Tempo das Esperas’ tem prefácio de Ronaldson Sousa e apresentação de João Augusto Gama. Prestigie!


Kommentare


bottom of page