• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Se não souber tanger, a boiada estoura


É bom os governistas não pensarem que, pelo fato de a oposição se encontrar no mato sem cachorro, a sucessão do governador Belivaldo Chagas (PSD) já é fatura liquidada. Eleição não se ganha de nem de véspera, quando mais com quase dois anos de antecedência. Aqui mesmo em Aracaju já teve candidato a prefeito que comprou o terno da posse após o 1º turno, perdeu o controle do gado e terminou amargando uma derrota no no 2º tempo da disputa. Portanto, o que parece ser hoje um cachorro morto, pode ressurgir das cinzas, a depender dos tropeços governistas. Ademais, com tanta gente graúda querendo disputar o governo, se os líderes partidários situacionistas não souberem tanger, a boiada estoura e vai comer no pasto da oposição. Quer um exemplo? Na década de 60 do século passado, Seixas Dória, figura de proa da UDN, líder do partido na Câmara Federal, pulou a cerca para as bandas do PR, se candidatou a governador e derrotou o ex-aliado Leandro Maciel, principal liderança udenista que, de tão confiante na vitória, cunhou como slogan de campanha a frase “ninguém se perde na volta”. Perdeu-se!

Tá ou não tá?

A maior polêmica na visita do presidente Bolsonaro (sem partido) a Sergipe não foi o leite condensado, mas a covid-19 contraída pelo deputado federal Gustinho Ribeiro (SD), animado integrante da comitiva presidencial. Segundo uns, mesmo sabendo que ainda está infectado, o parlamentar desfilou sem usar máscara ao lado do presidente, espalhando o vírus a torto e a direito. Gustinho nega o crime sanitário. Segundo ele, após o isolamento de 10 dias, foi orientado pelo médico a sair por aí abraçando todo mundo. Home vôte!

Posse no TJ

Será na próxima segunda-feira, a posse da nova Mesa Diretora do Tribunal de Justiça de Sergipe para o biênio 2021-2023. Em solenidade marcada para às 17h, tomarão posses o desembargador Edson Ulisses (presidente), a desembargadora Ana Lúcia Freire de Almeida dos Anjos (vice-presidente) e o desembargador Diógenes Barreto (corregedor geral da Justiça). Devido a pandemia da Covid-19, a posse da nova Mesa Diretora será por videoconferência e transmitida pelo canal oficial do TJ no Youtube. Legal!

E tome vaia

Na inauguração da ponte sobre o Rio São Francisco, em Propriá, o governador Belivaldo Chagas (PSD) foi vaiado até dizer chega. Quando o locutor oficial anunciava o presidente Bolsonaro, o povo não apenas o aplaudia como gritava “mito, mito”, porém era só citar o nome do “Galeguinho” para as vaias comerem no centro. Nem parece que o prefeito de Propriá, Valberto Oliveira (MDB), é aliado do governador. Marminino!

Fugiu para a morte

O preso Valério Xavier da Silva fugiu Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico na madrugada da última quarta-feira. Ontem à tarde, foi localizado em Socorro e, segundo a Polícia, reagiu à voz de prisão, sendo morto a tiros. Dois outros detentos que, juntamente com Valério, fugiram para a liberdade, ainda estão leves e soltos. Tomara que, se forem localizados batendo pernas por aí, aceitem pacificamente retornar ao cárcere. Quem avisa, amigo é!

Alerta aos políticos

O elevado índice de eleitores que deixaram de votar nas eleições passadas em Aracaju ( 25,07% no 1º turno e 27,81% no 2º) refletiu o desinteresse de parte da população pelas mirabolantes propostas dos candidatos, além de mostrar que o voto no Brasil não é tão obrigatório assim. Tomara que essas exageradas ausências dos eleitores obriguem os políticos, principalmente aqueles com mandatos, a repensarem novas formas de fazer política, priorizando a seriedade, tão reclamada pelo cidadão de bem. Danôsse!

Fábrica de monstros

Trancafiar um adolescente em um local sem higiene e cheio de outros garotos infratores não é ressocializá-lo. Seguramente, os jovens colocados no Centro de Atendimento ao Menor sairão dali pior do que entraram. Já está provado que, ao retornarem às ruas, os “hospedes” destes infectos depósitos humanos vão extravasar a raiva dilapidando o patrimônio alheio e ceifando as vidas de inocentes, pois onde foram encarcerados não lhes ensinaram a viver socialmente. Cruz, credo!

Estará no páreo

O PSTU já decidiu que terá candidaturas majoritárias em 2022. Segundo Ailson Matias, dirigente do partido em Sergipe, a participação da legenda nas eleições significa uma alternativa socialista e independente “para que o povo possa ter direitos, justiça e igualdade”. No ano passado, a candidata do PSTU a prefeita de Aracaju, Gilvani Santos, teve apenas 568 votos, ficando na penúltima posição. Situação idêntica foi a de Vera Lúcia, que disputou a Prefeitura de São Paulo e só foi votada por 3.052 paulistanos: uma cuia de votos. Misericórdia!

Assédio no quartel

Exatos 39,2% das policiais declaram ter sido vítimas de algum tipo de assédio (moral ou sexual) dentro da corporação. É o que revela a pesquisa “As Mulheres nas Instituições Policiais”, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Entre os homens, dos 20,1% que declararam que foram assediados, 95,6% sofreram assédio moral. Que horror!

Leite azedo

Sindicatos, entidades de classe e políticos saíram em defesa do radialista Marcos Couto, que ao perguntar sobre o leite condensado ao presidente Bolsonaro ouviu que “é para enfiar no rabo dos jornalistas”. O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) lembrou que “o papel da imprensa não é ser amiga de político, mas isenta. Muitas vezes confundimos as coisas. Hora nos sentimos ‘perseguidos’, outras vezes nos sentimos ‘prestigiados’, dependendo do teor da matéria ou entrevista. O que jamais pode deixar de existir é respeito ao próximo”. Certíssimo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Estado de Sergipe, em 19 de janeiro de 1936.