top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Sozua

A cultura agradece


O prefeito Marcos Santana (MDB) está sorrindo de orelha a orelha com o sucesso que foi a 38ª edição do Festival de Artes de São Cristóvão, encerrada ontem e que contou com cerca de 100 atrações culturais. De acordo com o emedebista, “ao oferecer acesso gratuito à cultura, estamos promovendo a inclusão e a igualdade, garantindo que a riqueza de nossa herança cultural seja compartilhada por nosso povo”. O Fasc é uma realização da Prefeitura de São Cristóvão e do Ministério da Cultura. Supimpa!


O Banese não merece ser alvo de linchamento


Desde que teve o funcionamento afetado pela instabilidade em seu aplicativo, o Banco do Estado de Sergipe vem sendo criticado pela maioria dos clientes e execrado nas redes sociais por alguns setores da imprensa. Muitos têm telefonado para as rádios e dito o diabo contra esta sólida instituição bancária, verdadeiro patrimônio dos sergipanos e, portanto, fundamental para o desenvolvimento econômico do estado. Claro que os clientes não ficam satisfeito quando o sistema informatizado de um banco falha e dificulta as transações financeira, porém daí a pregar o fechamento ou a venda pura e simples do Banese é um exagero dos diabos. Estamos falando de um dos poucos bancos estaduais existentes no Brasil e o único do Nordeste. Com 62 anos de existência, o Banese é uma instituição sólida e economicamente saneada, sendo líder de captação de recursos no estado e respondendo por 34,1% do mercado sergipano. Por tudo isso, não é justo que um problema técnico em seu aplicativo seja motivo para as pessoas saírem por aí pregando o linchamento do Banese. Menos, galera, menos!


E tome viagens!


O governo de Sergipe está participando da 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 28), em Dubai, nos Emirados Árabes. A comitiva sergipana é composta pela secretária Estadual do Meio Ambiente, Deborah Dias, pelo presidente da Agência Desenvolve-SE, Milton Andrade, e quatro assessores técnicos. Segundo a Secretaria Estadual da Comunicação, a delegação participa de várias atividades, especialmente dos debates em defesa da criação do Fundo da Caatinga e sobre o papel dos estados no enfrentamento às mudanças climáticas e transição energética. Ah, bom!


Batendo pernas


De janeiro a novembro deste ano, 173 deputados federais gastaram R$ 4,7 milhões dos contribuintes em viagens internacionais. Levantamento feito pelo site Metrópoles mostra que da bancada de Sergipe deram com os costados no exterior os pessedistas Fábio Reis (Irlanda), Katarina Feitosa (Irlanda) e Rodrigo Valadares (União), que esteve em Israel. As viagens dos dois primeiros custaram à Câmara, respectivamente, R$ 18,7 mil e R$ 21 mil, enquanto a despesa do périplo internacional de Rodrigo foi de R$ 23,4 mil. Home vôte!


Banco dos réus


O Conselho Nacional de Justiça já pautou o julgamento do recurso apresentado pela defesa do desembargador Luiz Mendonça, atualmente afastado do Tribunal de Justiça de Sergipe. Esta informação foi publicada pelo jornalista Eugênio Nascimento no Jornal da Cidade. O magistrado é acusado de vender sentenças e pela participação em um homicídio. Caso a sentença lhe seja favorável, Mendonça voltará à ativa e, em seguida, deve pedir a aposentadoria. Sendo negativa, o afastamento definitivo do desembargador será automático, cabendo à OAB providenciar a eleição direta para a formação da lista sêxtupla, da qual sairá o novo desembargador. Crendeuspai!


Maconha como remédio


Vinculado à Secretaria da Saúde de Sergipe, o Núcleo de Acolhimento em Terapias Especializadas iniciou o serviço de condução terapêutica à base de maconha. Neste primeiro momento, os beneficiados serão pacientes com epilepsia refratária, enquadrados em doenças específicas como síndrome de Dravet, síndrome de Lennox–Gastaut (SLG) e Complexo Esclerose Tuberosa (CET). Autor do Projeto de Lei que institui a Política Estadual de Cannabis, o deputado Luciano Pimentel (PP) parabenizou o governo de Sergipe pela implementação do tratamento. “Para mim, é motivo de muita felicidade ver uma lei de nossa autoria ser implementada e gerar tantos benefícios à sociedade”, discursou. Então, tá!


Obra avança


O projeto de interligação do Terminal de Sergipe à malha de transporte de gás natural da empresa TAG, iniciado em abril deste ano, avança na etapa de construção e montagem com o abaixamento dos dutos na faixa de gasodutos. O gasoduto Terminal Sergipe terá extensão de 25 km e capacidade para transportar 14 milhões de m³/dia no primeiro semestre de 2024. O duto interligará o terminal de regaseificação do Hub Sergipe, hoje operado pela Eneva em Barra dos Coqueiros, ao gasoduto Catu-Carmópolis, em Rosário do Catete. Desta forma, o gás sairá do terminal antes operado pela Celse com destino à rede de transporte da TAG. Aff Maria!


Haja birita


O consumo de “cana” está acontecendo cada vez mais cedo na vida das pessoas. Pesquisa feita pela Associação Brasileira de Alcoolismo e Outras Drogas revela que o uso do álcool e do tabaco começa em torno de 12 anos de idade, em média. Cerca de 12,5% da população são dependentes de álcool. E o consumo de birita entre as mulheres aumentou 55% nos últimos 10 anos. Hic, hic!


Há vagas


Quando será que o governo Mitidieri vai nomear os gerentes das Unidades Estaduais de Conservação, a exemplo do Monumento Natural Grota do Angico, localizado no semiárido sergipano. Segundo ambientalistas, pelo fato de praticamente estarem sem gestão desde o início deste ano, estes importantes espaços de proteção da flora e da fauna vêm sendo “visitados” por caçadores e lenhadores, interessados nos animais silvestres e na madeira. Aliás, as línguas ferinas andam espalhando por aí que tem gente nomeada na Secretaria Estadual do Meio Ambiente que, apesar do gordo salário, nunca deu com os costados no trabalho. Assim também já é demais também!


Quem quer dinheiro?


Lembram daquele episódio degradante do deputado estadual Cristiano Cavalcante (União) jogando dinheiro para o alto, enquanto miseráveis se engalfinhavam pelas cédulas? Pois o Ministério Público de Sergipe ajuizou uma Ação Civil requerendo que o dito cujo pague um determinado valor por danos sociais e morais coletivos. No entendimento do MPE, o deputado, que é líder do governo Mitidieri na Assembleia, submeteu os pobres do município de Ilha das Flores a uma situação vexatória, se configurando também como um ato grave contra os princípios éticos. Misericórdia!



Comentarios


bottom of page