top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Pré-Caju 2023: uma parceria público-privada de sucesso que impulsiona o turismo e a economia local



De 3 a 5 de novembro, a capital sergipana se transformou no centro da folia durante a 25ª edição do Pré-Caju. Foram três dias de festa com a participação de mais de 400 mil pessoas. Nos blocos, no Camarote Aju ou na pipoca, o que não faltou foi diversão ao som de artistas consagrados do cenário nacional e de Sergipe.



Entre as estrelas que garantiram a animação e alegria dos foliões, Bell Marques, Ivete Sangalo, Durval Lelys, Cláudia Leitte, Saulo, Xanddy Harmonia, Matheus & Kauã, Saulo, Léo Santana, Rafa & Pipo, DJ Dennis, Pedro Sampaio, Netinho, Alexandre Peixe, Luiz Caldas, É o Tchan, Timbalada, Maysa Res, Cid Natureza e Tomate.


Prefeitura e Governo do estado


O apoio logístico dos órgãos municipais e estaduais foi fundamental para realização do Pré-Caju. Eles asseguraram que o evento acontecesse com segurança, conforto e tranquilidade para todos os foliões dos blocos e da pipoca. “Foi fundamental o apoio da Prefeitura de Aracaju e do Governo do Estado para a realização do Pré-Caju 2023. A união de esforços entre o poder público e o setor privado é um exemplo a ser seguido e tem desempenhado um papel importante no desenvolvimento da economia e do turismo”, pontou o empresário e idealizador do Pré-Caju, Fabiano Oliveira.


Economia e turismo

Forte termômetro da economia no Estado, a festa mobilizou cerca de 70 setores da economia sergipana, gerando em torno de 20 mil empregos, entre diretos e indiretos. Estiveram envolvidos com o evento, artistas, hotéis, táxis, bares e restaurantes, costureiras, salões de beleza, supermercados, gráficas, seguranças, aeroportos, locadoras de veículos, postos de combustíveis, decoradores, delicatesses, buffets, empresas de outdoor, entre outros tantos seguimentos.


O evento atraiu milhares de visitantes de várias partes do Brasil, fortalecendo o turismo local e colocando Aracaju no mapa das principais atrações culturais e musicais do país. A movimentação turística durante o evento foi um verdadeiro impulso para a economia local. Hotéis, restaurantes e bares tiveram um aumento significativo em suas receitas, criando oportunidades de emprego temporário e gerando renda para muitos sergipanos.


De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe (ABIH/SE), a ocupação hoteleira atingiu a marca de 100% na maioria dos hotéis. “O mês de novembro nunca foi tão forte para a hotelaria e ter a festa nesse período e ainda na Orla, que é um cartão postal, foi ainda melhor para todos que trabalham no setor. A festa ajuda muito porque gera emprego e renda para os hotéis e torna Aracaju uma vitrine a nível nacional. Sou apenas agradecimento em nome de todos que fazem a hotelaria na nossa cidade”, destaca o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe (ABIH-SE), Antônio Carlos Franco.


Fabiano fez questão de agradecer todos os empresários parceiros, colaboradores e foliões que acreditaram na festa e deram um show de alegria, diversão e vibrações positivas durante os três dias de evento. “O sucesso do Pré-Caju é o reflexo da paixão e dedicação de todos vocês, que tornam esta festa única a cada ano. Que o Pré-Caju continue crescendo e proporcionando momentos de alegria e descontração para a nossa cidade. Vamos trabalhar juntos para que as futuras edições sejam ainda mais grandiosas e inesquecíveis. Obrigado a todos por fazerem do Pré-Caju um evento de sucesso na Orla da Atalaia e por manter viva a tradição do carnaval em nossa querida Aracaju”, comemorou.



Pré-Caju solidário


Mais uma vez, o Pré-Caju também teve o lado social. Nesta edição da festa, foram arrecadados cerca de 2.500 kg de alimentos não perecíveis com a troca dos vouchers de cortesias por abadás e camisas do Camarote Aju. Os produtos serão destinados ao GACC, em Aracaju.


E o Pré-Caju 2024 já tem data para acontecer: será realizada de 08 a 10 de novembro, na Orla da Atalaia.


Fonte: Texto por Osanilde e Hivy Rhafaella

Comments


bottom of page