top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

SergipeTec lança novo processo de seleção para Startups Residentes



Considerado um celeiro de novas empresas no estado, o Sergipe Parque Tecnológico acaba de lançar um novo processo de seleção para empresas de tecnologia e inovação que desejam se abrigar na estrutura do parque. O edital é voltado para empresas de base tecnológica ou startups nas áreas de biotecnologia, energia e sustentabilidade, healthtech, agritech, fintech e/ou T.I.C. Para o gestor de inovação do parque, Thalles Carvalho, o novo processo está mais simples e desburocratizado.


"Estamos falando de um modelo mais “enxuto” sobre como se instalar no SergipeTec, buscando cada vez mais agilidade no procedimento e transparência para as empresas. Desejamos ter uma relação de longo prazo e atrair startups que queiram impactar de verdade o ecossistema, fazer parte, por isso o novo procedimento”, destacou Thalles.


Além de vigilância 24 horas e um sistema completo de monitoramento eletrônico, o SergipeTec oferece salas privativas a partir de 20 m², salas de reunião, treinamento e capacitação, auditório climatizado com wifi, sistema de som e multimídia, área de convivência com quiosques e estacionamento. O Parque também concede mentoria às empresas na realização de contatos dentro do ecossistema de inovação, reuniões periódicas para promover encontros entre as empresas instaladas e facilitar possíveis parcerias, visibilidade às empresas residentes com divulgação no site do SergipeTec, redes sociais e assessoria de imprensa.


Uma das novidades é a sala de jogos que conta com diversas atividades para entretenimento dos residentes. O valor do aluguel do metro quadrado para as empresas é de apenas R$25,00.


"Este é apenas mais um passo. Nós desejamos nos tornar um Habitat de Inovação referência para o estado, fazendo nossa parte em contribuir e fomentar o ecossistema. Benefícios como redução de ISS e IPTU, a depender da categoria da empresa. E não apenas estrutura física, como também um acompanhamento, benefícios digitais, orientações técnicas e mentorias tanto de nossa equipe interna, quanto de novas parcerias que estamos trazendo, para quem assim desejar. Estamos buscando melhorar a cada sugestão, ouvindo quem deseja ajudar. Faço parte do ecossistema a alguns anos, e senti na pele a falta de conexão e oportunidades enquanto startup, e agora carrego esse sentimento no SergipeTec.”, afirmou o gestor de inovação.

Comments


bottom of page