top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

As eleições em Aracaju e o perigo da canoa cheia


Ao contrário da oposição aracajuana, carente de bons quadros para ir às eleições de 2024, o lado governista se assemelha à uma canoa cheia. Se de um lado falta pré-candidatos com potencial de votos, do outro sobram postulantes à Prefeitura da capital. Com o barco tão cheio de pretendentes, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e o governador Fábio Mitidieri (PSD) vão precisar de muita perícia no manuseio do timão para vencer as turbulências rio abaixo. Basta uma pequena desavença entre os marujos para virar a embarcação e transformar uma possível vitória nas urnas num grande naufrágio eleitoral. Claro que ainda é muito cedo para falar com segurança sobre o embate político do próximo ano, contudo as primeiras movimentações dos prefeituráveis permitem suspeitar que Edvaldo e Mitidieri terão muito trabalho para indicar um candidato que seja consenso na base governista. Misericórdia!


Julgamento suspenso


Embora estivesse na pauta da sessão de ontem, o Supremo Tribunal Federal (STF) não concluiu o julgamento da Ação Penal 969 contra o ex-deputado federal André Moura (União). O STF suspendeu a continuidade do julgamento, com a devolução aos autos ao gabinete do ministro relator Gilmar Mendes. André é acusado dos crimes de peculato e desvio e apropriação de recursos públicos, supostamente praticados entre janeiro de 2005 e junho de 2007 na Prefeitura de Pirambu. Em 2021, Moura já foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal à pena de oito anos e três meses de prisão, em regime inicial fechado. Cruzes!


Pobre de ricos


Nenhum sergipano foi incluído pela Revista Forbes na lista dos 300 bilionários brasileiros. Dos endinheirados relacionados, 31 são do Nordeste, sendo que os cearenses são maioria entre eles, seguidos pelos pernambucanos e maranhenses. O mais rico dentre os nordestinos é o cearense Mário Araújo Alencar Araripe, grande empresário do setor das energias renováveis, com R$ 10,42 bilhões. O ilustre se enquadra na 25ª posição geral da lista da famosa revista. Os empresários nordestinos que constam na relação dos bilionários atuam em diferentes setores, sendo 10 deles da área de varejo e sete da indústria de alimentação. Marminino!


Prefeitos marajás


Os prefeitos que reclamam da grave crise financeira dos municípios são os mesmos que, caladinhos, embolsam salários de marajás. Boa parte destes gestores recebe mais de R$ 25 mil mensais, isso sem contar outros imorais benefícios, como a gorda verba de representação, usada ao bel prazer dos indigitados. Enquanto os prefeitos esbanjam regalias, a população que os elegeu sofre com a falta de educação, saúde, segurança, moradia, comida, etcétera e tal. Eita Brasilzão sem jeito!

Tem hora pra tudo

Após um bom tempo sumido das redes sociais, o ex-governador Jackson Barreto (MDB) reapareceu no Instagram, pousando em frente ao famoso Relógio das Flores, em Garanhuns (PE). Mesmo tendo subido no palanque derrotado na disputa pelo governo de Sergipe, JB continua sendo uma forte liderança política em Aracaju, onde já se elegeu duas vezes vereador e outras duas prefeito. portanto, queiram ou não alguns, os debates sobre a sucessão do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) passarão por JB. Com essa foto diante do relógio, talvez Jackson queira insinuar que quem sabe faz a hora. Aff Maria!

Sumidos reaparecem

Sumidos do grande público desde a campanha eleitoral de 2020, muitos espertalhões já começaram a botar a cara de fora, com os olhos grandes nas eleições do próximo ano. São os chamados políticos copa do mundo. Eles só aparecem de quatro em quatro anos para conquistar os votos das pessoas despolitizadas. Muitos deles já estão usando espaços na imprensa para defender mudanças na política, etcétera e tal. Lamentavelmente, enquanto o eleitor continuar acreditando em falsas promessas, vendendo o voto ou trocando por mercadorias, estes mequetrefes sobreviverão politicamente. Arre égua!

Lero lero político

O União Brasil exibe, amanhã e sábado próximo, propaganda partidária em rede nacional de rádio e televisão. Os programas serão veiculados sempre entre 19h30 e 22h30, com duração de 30 segundos. O partido divulgará inserções na programação noturna das emissoras, totalizando um minuto e trinta segundos. O objetivo da propaganda partidária é divulgar a ideologia, programas, projetos, propostas e as mensagens dos partidos políticos, bem como incentivar a filiação partidária. Danôsse!

Novo acadêmico

A Academia Sancristovense de Letras e Artes (Asclea), entidade sociocultural do município de São Cristóvão, receberá mais quatro integrantes nesta quarta-feira. Dentre os novos acadêmicos está o ex-deputado estadual Francisco Gualberto (PSD), poeta e compositor nascido no povoado Caípe Velho, daquele município. Além de Gualberto, também tomarão posse os acadêmicos Carlos Pinna Júnior, David Alan e Anthony Rafael. O ex-deputado pessedista, que ocupará a cadeira nº 23, é autor dos livros de poesias Poemas Inocentes (1977), Liberdade (1983), Dimensões (1987) e A burguesia mata a poesia (1992). Supimpa!

Facada no bolso

Os servidores públicos seguem mobilizados contra o exagerado aumento de 50% na contribuição para o Ipesaúde. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Educação (Sintese), os descontos que estavam na casa dos R$ 300, dobraram para R$ 600, enquanto outros ultrapassaram os R$ 1000 quando são somadas as partes do titular e dos dependentes. O Sintese acusa o governo Fabio Mitidieri de colocar nas costas e nos bolsos dos contribuintes do plano de saúde dos servidores o rombo de R$ 200 milhões nas receitas da autarquia. Crendeuspai!

Tapa na macaca

O Supremo Tribunal Federal tem na pauta desta quarta-feira a retomada do julgamento que pode resultar na descriminalização do porte de drogas para consumo pessoal. Com votação iniciada em 2015, o processo já tem três votos favoráveis. Para o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, a conduta do usuário de drogas não é crime. Segundo o fidalgo, um eventual dano causado recai sobretudo sobre a saúde do próprio maluco beleza. O ministro Luís Roberto Barroso seguiu a mesma linha de raciocínio do relator, votando pela descriminalização do consumo exclusivamente de maconha. Então, tá!

Bem na fita

Aracaju aparece numa reportagem do portal Concursos no Brasil como uma das cinco capitais brasileiras com o menor custo de vida. Segundo a matéria, Aracaju, Florianópolis, Brasília, São Paulo e Palmas possuem bons salários para os profissionais, além de preços moderados para aluguéis, alimentação, bens de consumo e serviços essenciais. O site informa, ainda, que “Aracaju é considerada entre as capitais do Nordeste com os menores índices de desigualdade social. Como um dos menores custos de vida das capitais brasileiras, também apresenta bons salários e diversas oportunidades de crescimento profissional. Legal!


Comments


bottom of page