Política by Adiberto de Souza

January 28, 2015

 

Fim da excrescência

 

Único Estado onde ainda existe subvenção parlamentar, Sergipe pode deixar de ser um mau exemplo para o país se a Justiça entender que esta excrescência é inconstitucional. Em ação impetrada no judiciário, o Ministério Público Estadual (MPE) argumenta que as tais subvenções ferem a Constituição por serem uma forma irregular de transferência de verbas públicas. São R$ 36 milhões liberados anualmente pelo Legislativo em benefício dos próprios deputados, como está sendo provado pelo Ministério Público Federal (MPF). As investigações já atestaram que parte do dinheiro passa pelas associações filantrópicas beneficiadas apenas para ser lavado e, depois, entra na conta do deputado. Agora é aguardar a posição da Justiça sobre as bem fundamentadas alegações do MPE.

 

Na mosca

 

A colega Rita Oliveira acertou na mosca ao antecipar ontem a chapa única que concorrerá à Mesa Diretora da Assembleia. O PMDB fechou questão em torno do nome de Luciano Bispo para a presidência e conseguiu a adesão de outros partidos como o PP, DEM e até o PSD do também candidato Gustinho Ribeiro. Com a bênção do governador Jackson Barreto (PMDB), a chapa será eleita no próximo domingo durante a abertura dos trabalhos legislativos.

 

A chapa

 

Além de Luciano Bispo, compõem a chapa única par a Mesa Diretora da Assembleia os deputado Garibalde Mendonça (PMDB) – vice - Jeferson Andrade (PSD) - 1ª Secretaria - Goretti Reis (DEM) - 2ª Secretaria - Venâncio Fonseca (PP) - 3ª Secretaria – e Luiz Mitidieri (PSD) - 4ª Secretaria.

 

Último dia

 

Termina hoje o prazo para os municípios se inscreverem no Mais Médicos, que oferece profissionais para prestar atendimento clínico na rede pública de saúde. 31 municípios sergipanos já se inscreveram no programa, que já mantém no interior do Estado cerca de 150 médicos.

Criado em 2013, o programa levou médicos a 3.785 municípios, o que corresponde a 68% das cidades do país.

 

Discriminado

 

Para comemorar o compromisso firmado com o Senado visando a transformar a TV da Alese em um canal aberto, a Assembleia Legislativa publicou uma página paga no Jornal da Cidade e no Correio de Sergipe. Por que carga d’água o Jornal do Dia não foi contemplado também com a publicidade? Será discriminação, por ser o jovem diário um duro crítico das ações do Parlamento?

 

Grana prometida

 

O governo estadual começa a pagar amanhã a folha de pessoal. O calendário de pagamento vai terminar no sábado, sendo que os primeiros a receber serão os servidores da Secretaria da Educação. Na sexta, serão pagos os salários do pessoal da Saúde, aposentados e pensionistas. No sábado, recebem os servidores das demais secretarias, autarquias e fundações. Menos mal, né?

 

Inclusão social

 

Será apresentado hoje pelo Sebrae projeto visando promover a inclusão socioambiental de catadores e coletores de materiais recicláveis secos e de óleo de cozinha. A idéia é oferecer a estes profissionais assistência técnica e apoio de forma a prepará-los para a atual dinâmica da cadeia da coleta seletiva. A proposta será apresentada daqui a pouco no auditório do Sebrae a cerca de 100 catadores da Grande Aracaju.

 

Sessão extra

 

O prefeito João Alves Filho (DEM) convocou extraordinariamente a Câmara de Aracaju para aprovar quatro projetos. Entre eles está o que funde a Emsurb com a Emurb, que passará a se chamar Empresa Municipal de Manutenção e Conservação. Outro projeto extingue os cargos de secretário-adjunto e vice-presidente das empresas publicas. A sessão está marcada para sexta-feira próxima e deve ser vapt-vupt.

 

Contra MPs

 

Trabalhadores e sindicalistas sergipanos protestam nesta quarta-feira contra as Medidas Provisórias 664 e 665. Convocado pelas CTB, CSP Conlutas e UGT, o ato acontecerá agora pela manhã no centro de Aracaju. As MPs questionadas alteraram benefícios como seguro-desemprego, abono salarial (PIS-Pasep), seguro-defeso, auxílio-reclusão, pensões, auxílio-doença e estabelecem a terceirização da perícia médica para o âmbito das empresas privadas.

 

Última forma
 

Com o título acima, o Correio Braziliense publica hoje a seguinte nota: “O lançamento da candidatura de Luiz Henrique para presidente do Senado leva o PSB a rever a estratégia de lançar o nome de Antonio Carlos Valadares contra Renan Calheiros. Para muitos socialistas, o melhor é fortalecer a oposição dentro do próprio PMDB”.

 

Agiotagem

 

A taxa média de juros para pessoas físicas com recursos livres alcançou 43,4% ao ano, em dezembro de 2014. A taxa, que vinha alcançando recordes, caiu 0,7 ponto percentual em relação a novembro, quando estava em 44,1%. Mas acumula crescimento de 5,4 pontos percentuais no fechamento do ano. O destaque nos juros para pessoas físicas são as taxas do cheque especial, que atingiram 200,6% ao ano. Isto é ou não agiotagem?

 

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta do Povo em 31 de março de 1926.

Please reload