Funcaju e IMD realizam ‘Semana Marcelo Déda’ com exibição de curtas e prêmio de roteiro

March 7, 2017

 

Ícone da política sergipana, o ex-governador Marcelo Déda teve uma passagem marcante pela sétima arte. Como parte das comemorações do Aniversário de Aracaju e do aniversário do ex-governador, a Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju) e o Instituto Marcelo Déda (IMD) realizam de 7 a 11 de março a Semana Marcelo Déda, no Centro Cultural de Aracaju.

 

A Mostra Marcelo Déda será realizada entre os dias 7 a 15 de março, com exibições de curtas sergipanos produzidos, roteirizados ou dirigidos por Déda. Nesta terça-feira (7), às 13 horas, no Centro Cultural de Aracaju, acontece a abertura da mostra com uma mesa de debates sobre a produção audiovisual na década de 70, com a participação de Beatriz Goes Dantas, Floriano Santos Fonseca, Ivan Valença, Jorge Lins e Oliveira Junior.

 

O presidente da Funcaju, Sílvio Santos, que teve a oportunidade de atuar ao lado de Déda como gestor público e nos movimentos sociais, afirma que Aracaju deve uma homenagem ao Marcelo Déda que amou o cinema. “Com uma filmadora Super 8 na mão ele viu a cidade pelos olhos do cineasta. Marcelo Déda tem um capital político que todo mundo conhece, mas tem também em seu currículo a gravação de alguns curtas metragens. Vamos exibir essa produção e lançar também o prêmio que leva seu nome”, observou.

 

 

I Prêmio de roteiro

 

No dia 11 de março será lançado o 1º Prêmio de roteiro Marcelo Déda. Segundo a coordenadora do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira, Carolina Westrup, o prêmio tem o objetivo de aquecer a cena, homenageando o caminho de Déda pelo cinema. “Um dos objetivos do prêmio é fazer uma ponte com quem foi Marcelo Déda, que na década de setenta trilhou um caminho no cinema. Como o Núcleo de Produção Digital trabalha com o audiovisual, trouxemos a face do cineasta, do roteirista que pensou o mundo através do cinema”, afirma Carolina.

 

A Funcaju e o Instituto Marcelo Déda vão premiar três roteiros no valor de 2 mil reais cada. O edital vai ser lançado no dia 13 de março, no site da Funcaju. As inscrições vão até o dia 13 de abril. “Depois iremos fazer o processo de seleção e premiar os três vencedores. O prêmio é voltado para sergipanos e sergipanas”, lembra Carol.

 

Para o presidente do Instituto Marcelo Déda, Oliveira Júnior, o lançamento do prêmio serve para “despertar e incentivar jovens talentos e permitir que busquem no cinema um meio de expressão”. De acordo com o dirigente do IMD, o prêmio de curtas tem tudo a ver com aquilo que, na juventude, fez Marcelo Déda. “A ligação dele com a arte do cinema era forte essa ideia de que os jovens merecem ser incentivados”, comentou.

 

No dia 11 de março, além do lançamento do Prêmio, ocorre na Praça General Valadão, a partir das 8h30, a apresentação da Orquestra de Meninos e a abertura da exposição de fotografias da fotojornalista Janaína Santos, “Semeando Sorrisos”.

 

Programação da Semana Marcelo Déda de Cinema

 

Dia 7 de março

 

13 horas – Mesa de Debate

Geração Super 8 – A produção audiovisual na década de 70

Mesa: Beatriz Goes, Floriano Santos Fonseca, Ivan Valeça, Jorge Lins e Oliveira Junior

 

14h30 - Exibição de curtas

 

‘Carro de Bois’

Direção, roteiro e argumento de Floriano Santos Fonseca. Produção: Clube de Cinema de Sergipe. Montagem: Evandro Hora. Fotografia: Marcelo Déda Chagas. Aracaju: Clube de Cinema de Sergipe, 1979. Não-ficção.  100m/24q (17min), son., color., S8.

 

‘São João: Povo em festa’

Clube de Cinema de Sergipe. Narração: Jairo Alves. Roteiro: Marcelo Déda Chagas, José de Oliveira Jr. Aracaju: Clube de Cinema de Sergipe, 1979. Não-ficção. 73m/24q (12min), son., color., S8.  

 

De 8 de março a 15 de março

 

Mostra Marcelo Déda

 

13h – Exibição de curtas

 

‘Carro de Bois’

Direção, Roteiro e Argumento: Floriano Santos Fonseca. Produção: Clube de Cinema de Sergipe. Montagem: Evandro Hora. Fotografia: Marcelo Déda Chagas. Aracaju: Clube de Cinema de Sergipe, 1979. Não-ficção.  100m/24q (17min), son., color., S8.

 

‘São João: Povo em festa’

Clube de Cinema de Sergipe. Narração: Jairo Alves. Roteiro: Marcelo Déda Chagas, José de Oliveira Jr. Aracaju: Clube de Cinema de Sergipe, 1979. Não-ficção. 73m/24q (12min), son., color., S8.  

Please reload