Política by Adiberto de Souza

May 23, 2017

 

A caminho da forca

 

É quase zero a chance de ainda presidente Michel Temer (PMDB) continuar no cargo. Desde que foi flagrado com a boca no microfone endossando a compra do silêncio do amigo e presidiário Eduardo Cunha, o peemedebista ver sumir a ampla sustentação que detinha no Congresso. Alguns partidos, como o PSB, já debandaram da base aliada e outros pensam em fazer o mesmo. A sociedade o quer longe do governo e a OAB vai pedir seu impeachment. Analistas políticos acham que só resta a Temer renunciar ou sangrar até que seja “impeachmado”. Esta última opção levaria muito tempo, deixando o Brasil à deriva e com uma crise política e econômica jamais vista em sua história. Portanto, a bombástica gravação feita em Palácio pelo empresário dedo duro Joesley Batista, deixou Temer em situação tão delicada quanto a de um condenado a caminho do cadafalso.

 

Leitura errada

 

O deputado federal André Moura (PSC), líder deste governo temerário no Congresso, faz uma leitura errada da grave crise política. Segundo o moço, a situação está sob controle e que as baixas na base aliada são irrelevantes. Não é isso que pensam lideranças políticas nacionais. Entrevistado ontem pela TV Bandeirantes, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse achar muito difícil Temer conter a debandada de sua base no Congresso. Misericórdia!

 

Aposta nos dois

 

O empresário dedo duro Joesley Batista, dono da JBS, não gosta de perder. Por isso, em 2014, apostou nos dois candidatos a governador de Sergipe. Para Eduardo Amorim (PSDB) mandou uma ajudinha de R$ 500 mil, enquanto para o PMDB de Jackson Barreto liberou R$ 1,3 milhão. A grana foi repassada aos candidatos pelas direções nacionais de seus respectivos partidos e devidamente registrada na Justiça Eleitoral. Então, tá!

 

PT se explica

 

Em nota à imprensa, o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, explica a doação de R$ 130 mil feita pela JBS para sua campanha ao Senado, em 2014. Segundo o petista, a grana foi encaminhada diretamente pelo PT nacional para o diretório estadual do partido, “todas de forma oficial”, diz. Rogério também informa que os dados estão disponíveis nos sites da Justiça Eleitoral.

 

Cara pálida

 

Muitos congressistas que defendem prender adolescentes infratores nas penitenciárias estão sendo processados por crimes diversos. Fosse mais célere, a Justiça já teria condenado-os por meterem a mão na verba pública. Há daqueles que roubaram o dinheiro do povo para comprar votos, pagar festas particulares, alugar carros de luxo e comprar imóveis em áreas nobres. Estes sim, deveriam ser trancafiados nas insalubres penitenciárias por muito tempo.

 

Deixa como está

 

E o advogado Luiz Roberto vai continuar presidindo interinamente a Empresa Municipal de Urbanização (Emsurb). É que a desembargadora Ana Lúcia Freire dos Anjos negou liminar, impetrada pela Prefeitura de Aracaju, pedindo que Mendonça Prado reassumisse a presidência da estatal. Mendoncinha foi afastado do cargo em abril passado, a pedido do Ministério Público, que investiga possíveis irregularidades na Emsurb.

 

Adjutório oficial

 

E o governador Jackson Barreto (PMDB) passa esta segunda-feira no interior sergipano. Vai a Gararu, Glória e Carira levar ajuda aos flagelados da seca. Nas três cidades, JB entrega aos agricultores material forrageiro, assina termos de adesão ao Garantia Safra e autoriza projetos produtivos. Cerca de 1,4 mil famílias serão beneficiadas com os investimentos do governo, avaliados em R$ 1,7 milhão.

 

De olho em Brasília

 

O deputado estadual Capitão Samuel (PST) está sonhando com uma cadeira na Câmara Federal. Afirma, porém, que só encara o desafio se encontrar quem lhe garanta 30 mil votos de saída: “O restante a gente consegue junto à família militar e aos sergipanos que acreditam em nosso trabalho parlamentar”, discursa. Marminino!

 

Mundo cão

 

Pesquisa mostra que 65% das gestantes condenadas poderiam cumprir prisão domiciliar, por ter cometido crimes de menor poder ofensivo, como porte de drogas e pequenos furtos. Realizado pela Fiocruz, o estudo indica que 40% das presas gestantes têm mais de quatro filhos, a maioria não desejava a gravidez, 5% tentaram fazer aborto e 50% tiveram depressão pós-parto. Pior, somente 3% tiveram acompanhamento durante o parto, enquanto 40% não receberam nenhuma visita durante a gravidez. Crendeuspai!

 

Mar de lama

 

"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”. Trecho de discurso feito no Senado por Rui Barbosa.

 

Recorte de jornal

 

Publicado no Sergipe Jornal, em 2 de junho de 1930.

Please reload