Política by Adiberto de Souza

November 25, 2019

 

Sinuca de bico

 

A oposição vai ter que se virar nos trinta para convencer o aracajuano a votar contra a reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Não será tarefa fácil negar a importância para o povo do grande volume de obras em execução de uma ponta a outra da capital. Na semana passada, a imprensa visitou dezenas delas. São milhões investidos em ginásio de esporte, maternidade, escola em tempo integral, drenagem, terraplanagem e pavimentação de ruas, recapeamento asfáltico, esgotamento sanitário, abertura de novas avenidas, etcétera e tal. E para tristeza dos adversários de Edvaldo, todas estas benfeitorias ficarão prontas no ano que vem, na véspera da campanha eleitoral. Decididamente, não será fácil para a oposição sair desta sinuca de bico. Terá mais chance de sucesso nas urnas se ficar unida, afinar o discurso, apresentar um projeto realista para Aracaju e acabar com essa tolice de criticar os investimentos feitos em benfeitorias para a cidade. Do contrário, vai passar campanha falando ao vento e dando murro em ponta de faca. Crendeuspai!

 

Jurando inocência

 

O Tribunal Regional Eleitoral julga, nesta segunda-feira (25), os embargos declaratórios impetrados pela defesa do governador Belivaldo Chagas (PSD) e da vice Eliane Aquino (PT). Em agosto passado, os dois foram cassados pelo mesmo TRE por abuso de poder político e econômico. Eles são acusados de usarem a estrutura do governo em favor de suas campanhas. Ambos negam o crime. Caso o TRE rejeite os embargos, Belivaldo e Eliane recorrerão ao TSE. Ah, bom!

 

Juíza defendida

 

A Associação dos Magistrados de Sergipe saiu em defesa da juíza de Itabaiana, Tatiane Danusa Gusmão, chamada de fantoche pelo radialista Alex Henrique, da rádio FM Capital. O comunicador agrediu verbalmente a magistrada porque ela anulou a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores daquele município. Segundo a nota oficial da Amase, “qualquer tentativa de pressionar a magistratura não se coaduna com a manutenção e estabilidade da democracia, pelo que merecerá (e receberá) reação forte e imediata em todas as esferas legítimas de proteção das prerrogativas dos magistrados sergipanos”. Aff Maria!

 

Fim de mandato

 

Diante da cassação em definitivo do prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC), por crime eleitoral, a Câmara de Vereadores vai se reunir para decidir o seguinte: fará uma nova sessão para empossar a prefeita em exercício Hilda Ribeiro (SD) ou considera o ato de posse, ocorrido em agosto passado, quando ela assumiu a Prefeitura como interina. O que se tem certo mesmo é que Valmir não é mais prefeito e só pode voltar à política daqui a oito anos. Danôsse!

 

Réveillon garantido

 

A Prefeitura deve anunciar até quarta-feira próxima, toda a programação do réveillon de Aracaju. Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), os contratos dos artistas estão

praticamente fechados. Ele não adiantou nomes porque algum músico ainda pode desistir, como ocorreu com o cantor Diogo Nogueira, que voltou atrás de participar do réveillon aracajuano pouco antes de fechar o contrato. Marminino!

 

Braços cruzados

 

A partir de amanhã, professores da rede estadual estão em greve por tempo indeterminado. Eles protestam contra dois projetos enviados à Assembleia pelo governo de Sergipe. Os educadores garantem que as proposituras extinguem vantagens, como o triênio: “Pelos nossos cálculos, os projetos reduzirão os salários em até 40%”, afirma a presidente do sindicato da categoria, professora Ivonete Cruz. Para tentar manter as escolas funcionando, o governo vai à Justiça pedir a ilegalidade de uma greve que nem começou ainda. Cruz, credo!

 

Religião em alta

 

E quem esteve, ontem, em Sergipe foi o padre Marcelo Rossi. Veio participar em Itabaiana do Cenáculo de Pentecostes. Realizado no Ginásio de Esportes Chico Cantagalo, o evento religioso reuniu grande número de fiéis e foi prestigiado pelo prefeito da cidade, Valmir de Francisquinho (PSC) e vários outros políticos da região. Oremos!

 

Acordo negado

 

Após dias em silêncio, o ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB) retornou às redes sociais para negar qualquer entendimento político com o PT. Segundo ele, tais comentários não passam de mera especulação: “A candidatura do PSB a prefeito de Aracaju é uma posição natural em face das últimas eleições. Se Belivaldo, o “Imperador”, com o seu ódio doentio, ameaça a autonomia do PT que o elegeu, exonerando todos os cargos, é problema dele”, fustiga Vavá pelo twitter. Misericórdia!

 

Ministro ridículo

 

E quem desceu a madeira no ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Segundo o parlamentar, o ministro “é uma das figuras mais ridículas que já passaram por Brasília. Ao inventar que nas universidades têm plantações de maconha e fábricas de metanfetamina, ele mostra absoluta irresponsabilidade. Só resta a demissão para reduzir os prejuízos à Educação”. Arre égua!

 

Fake news denunciada

 

O deputado federal Gustinho Ribeiro (SD) está sendo acusado de propagar fake news contra seus adversários. Segundo o também deputado Fábio Reis (MDB), Gustinho postou nas redes sociais “a informação mentirosa que a oposição estava invadindo a Prefeitura de Lagarto para agredir a prefeita Hilda Ribeiro (SD) e os secretários”. Reis promete ir à delegacia de Polícia prestar queixa-crime contra o deputado, que teria propagado fake news. Então, tá!

 

Resumo dos jornais

 

 

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã, em 28 de dezembro de 1940.

Please reload