Política by Adiberto de Souza

February 6, 2020

 

Rifado pelo próprio partido

 

Depois do rompimento do PT com o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (futuro PDT), a nova bomba política foi o bota fora que o PV deu em seu próprio prefeiturável Almeida Lima. Surpreendido com a decisão dos ex-aliados, o pré-candidato vai correr contra o tempo para encontrar uma legenda interessada em patrocinar seu projeto eleitoral. E por que o PV abriu mão de Almeidinha? Segundo a direção do partido, porque ele não cumpriu as metas visando o fortalecimento da sigla em Aracaju e no interior. Caso não consiga uma nova morada partidária, esta não será a primeira vez que a candidatura de Almeida fica pelo caminho. Em 2012, o próprio anunciou que estava desistindo da disputa pela prefeitura da capital e fez isso em pleno debate ao vivo na TV Sergipe. Agora, o feitiço virou contra o feiticeiro. Misericórdia.

 

Dou-lhe uma...

 

A fábrica de Cimento Nassau, localizada em Socorro, vai a leilão nesta quinta-feira. Organizado pelo Tribunal Regional do Trabalho, o pregão visa arrecadar recursos para pagar as rescisões trabalhistas dos mais de 300 ex-empregados. Para arrematar a fábrica, avaliada em pouco mais de R$ 1 milhão, o interessado terá que fazer um lance mínimo superior a R$ 528 mil. Fechado em 2016, o empreendimento do grupo Itaguassu deve aos ex-empregados mais de R$ 90 milhões. Cruzes!

 

Linha do tempo

 

E quem está lançando um livro de poesia é o deputado estadual Francisco Gualberto (PT). Será na quinta-feira da próxima semana, no hall da Assembleia Legislativa. O livro “Na Linha do Tempo” trata de temas variados: vai do romantismo às questões sociais e políticas. Segundo o prefaciador José Fernandes de Lima, ex-reitor da Universidade Federal de Sergipe, Gualberto é um poeta antenado com as mais sutis manifestações da vida humana. Ah, bom!

 

Leite derramado

 

E o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) jura que tem muita gente fazendo terrorismo com a pré-candidato à reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT). Segundo ele, quem saiu da aliança governista o fez porque quis: “Não choro pelo leite derramado”, frisa Mitidieri, ressaltando a “gestão séria e competente” de Nogueira. Então, tá!

 

Prefeito na frente

 

A TV Atalaia divulgou pesquisa do Instituto Única para a Prefeitura de Aracaju. Na estimulada, o prefeito Edvaldo Nogueira aparece com 30,6%, seguido de Danielle Garcia (11,8%). Depois aparecem Valadares Filho (10,9), Gilmar Carvalho (10,6%), Márcio Macedo (1,7%), Almeida Lima (1,2%), Georlize Teles (1,0%), Rodrigo Valadares (0,6%), Mário Leony (0,5%) e Juraci Nunes (0,2%). Os brancos e nulos somam 22% e os indecisos 8,9%.

Ficha técnica

 

Registrada na Justiça Eleitoral com o número SE – 07667/2020, a pesquisa do Instituto Única ouviu mil eleitores nos 35 bairros da capital, entre os dias 29 de janeiro e 3 deste mês. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. Vixe!

 

Concurso na Câmara

 

A Câmara de Aracaju publica, segunda-feira próxima, o edital para a realização de concurso público visando contratar 50 novos servidores. As vagas estão divididas em 16 para nível superior e 34 para nível médio e técnico. Ao anunciar a realização do concurso, o presidente da Câmara, vereador Nitinho Vitale (PSC), lembrou que há 30 anos o legislativo não contrata servidores efetivos. Danôsse!

 

Prestando contas

 

E quem vai prestar contas aos deputados estaduais é o secretário da Fazenda, Marco Antônio Queiroz. Na próxima quarta-feira, ele apresentará os números relativos ao último quadrimestre à Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Tributação da Assembleia. A reunião será presidida pela deputada estadual Diná Almeida (Podemos).

 

Pesquisa criticada

 

Continua dando o que falar a pesquisa encomendada pelo Cidadania para ajudá-lo na escolha da delegada Danielle Garcia como pré-candidata a prefeita de Aracaju. Agora é Juraci Nunes, presidente do PTC, quem está invocado por não ter tido o nome incluído na polêmica consulta popular. Segundo o moço, o senador Alessandro Vieira, cacique do Cidadania, tem revelado a face autoritária e antidemocrática na condução de suas ações políticas. Crendeuspai!

 

Chove chuva

 

Desde as primeiras horas desta quinta-feira, chove em Aracaju e em boa parte de Sergipe. Então, como bem canta Jorge Ben Jor, “chove chuva/ chove sem parar”, principalmente no sertão sergipano, onde o homem do campo reza para as chuvas continuarem visando garantir as pastagens para o gado. Oremos!

 

Recorte de jornal

 

 

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 30 de janeiro de 1908.

Please reload