Política by Adiberto de Souza

February 10, 2020

 

TCE afronta o Supremo

 

O Tribunal de Contas de Sergipe se acha o cão por dentro do mato. Não fosse assim, já teria cumprido a liminar expedida pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, suspendendo a indisponibilidade do conselheiro Clóvis Barbosa. Em vez disso, o TCE preferiu manter na ativa o conselheiro desaposentado Flávio Conceição. Ao agir desta forma, o Tribunal de Contas não apenas afronta a liminar do ministro como desrespeita a Constituição Federal, que estabelece o número de sete conselheiros para as cortes de contas. Por fim, essa indefinição pode gerar instabilidade jurídica, pois prefeitos condenados pelo TCE podem pedir a anulação dos julgamentos que tiveram a participação do conselheiro Flávio Conceição. Misericórdia!

 

Relator definido

 

Caberá ao ministro Sérgio Silveira Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral, relatar o recurso interposto pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) e a vice Eliane Aquino (PT) contra a cassação de seus mandatos. Os dois foram cassados pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral sob a acusação abuso político. O Ministério Público Eleitoral acusou os dois de terem tirado proveito político das dezenas de solenidades feitas pelo governo para assinaturas de ordens de serviços. Homem, vôte!

 

Lula com intelectuais

 

Petistas de Sergipe participaram no Rio de Janeiro da reunião de Lula da Silva (PT) com intelectuais. Estiveram no evento a vice-governadora Eliane Aquino, o senador Rogério Carvalho, o prefeiturável Márcio Macedo e outros menos votados. Segundo Eliane, “ver a lucidez de Lula frente a esse debate só reforça minha admiração por este que é o maior presidente que o Brasil já teve e um dos maiores líderes democráticos que o mundo já viu”. Então, tá!

 

Atrás de um partido

 

Abandonado pelo PV, o prefeiturável Almeida Lima anda à procura de um novo partido que garanta a sua pré-candidatura a prefeito de Aracaju. Em artigo veiculado pelo site JLPolítica, Almeidinha apresenta alguns pontos do que chama de seu programa de governo. Ao final, faz um apelo: “Você que deseja restaurar o poder público, retirando o poder de setores empresariais que massacram a vida do povo, adote esse programa como seu, fazendo de mim o instrumento político para a sua execução”. Marminino!

 

Big Brother

 

Cuidado com o que você faz nas ruas, praças e avenidas de Aracaju. Para flagrar os mal feitos, a Secretaria de Segurança Pública conta com dezenas de câmeras instaladas em vários pontos da capital. O objetivo é prevenir delitos e prender criminosos em tempo real. Desde quando o big brother foi implantado, muita gente já foi em cana por ser flagrada fazendo o que não deve em via pública. Abra o olho!

 

Segunda classe

 

A campanha eleitoral deste ano terá dois tipos de candidatos: os contemplados pelo Fundo Especial de Financiamento de Campanha e aqueles que não verão nadica de nada. É que os partidos vão usar o dinheiro público para custear projetos de reeleição, principalmente dos caciques partidários, que não querem largar o bem bom. Portanto, os candidatos novatos terão que se virar, pois serão excluídos pelos partidos do financiamento público. Coisas desse Brasilzão de meu Deus!

 

Nadando em dinheiro

 

Os prefeitos que reclamam da grave crise financeira dos municípios são os mesmos que embolsam salários de marajás. Boa parte destes gestores recebe mais de R$ 20 mil mensais, isso sem falar na gorda verba de representação, usada ao bel prazer dos indigitados. Em Itabaiana, por exemplo, os contribuintes pagam o supersalário de R$ 30, 4 mil ao prefeito afastado Valmir de Francisquinho (PR). É bem mais do que os R$ 24 mil que recebe o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (futuro PDT). É muito por causa desses supersalários que tanta gente anda de olho nas eleições deste ano. Crendeuspai!

 

Esbanja otimismo

 

E o governador Belivaldo Chagas (PSD) esbanja otimismo por onde passa. Segundo ele, o pior da crise já passou e Sergipe caminha para tempos melhores. Reunido com um grupo de empresários sergipanos, o governador afirmou que, “de braços dados e com a união de todos, vamos vencer as dificuldades e colocar Sergipe no patamar que nosso estado merece estar”. Ah bom!

Ingratidão

 

O adágio popular “rei morto, rei posto” cabe como uma luva para o ex-deputado federal André Moura (PSC). Embora trabalhando no Rio de Janeiro, onde é secretário do governo carioca, o sergipano nunca fez uma visitinha ao amigo do peito e ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB), preso em Bangu 1. André deve muito ao hoje presidiário Cunha, que o aproximou do ex-presidente Michel Temerário (MDB), transformando-o em seu líder no Congresso. Quem sabe, Moura tira um tempinho agora no Carnaval para visitar o amigo no presídio carioca. Aff Maria!

 

Terras para plantar

 

Dependesse apenas da vontade do deputado federal Bosco Costa (PL), o governo já havia concedido trechos das faixas de domínio das rodovias federais aos proprietários de lotes vizinhos. Relator da proposta na Câmara Federal, o parlamentar sergipano explica que a medida visa permitir a implantação de lavouras de milho e feijão, desde que preservada a segurança do trânsito. Aos agricultores, resta torcer para que projeto relatado pelo deputado seja aprovado pelo Congresso.

 

Sem risco

 

Um bebinho dizia ontem, num boteco de Aracaju, que junho é o mês preferido da classe política. Segundo ele, neste período junino os fichas sujas podem participar de quadrilhas sem correr o risco de serem presos em flagrante. Cruz credo!

 

Recorte de jornal

 

 

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã, em 30 e agosto de 1941.

Please reload