Política by Adiberto de Souza

April 28, 2020

 

Trocando vidas por lucro

 

Mesmo com a visível propagação do coronavírus em Sergipe, o governador Belivaldo Chagas (PSD) atendeu aos apelos dos empresários e relaxou, ainda mais, o isolamento social no estado. O novo decretado governamental autoriza vários ramos da economia a escancararem as portas para o Covid-19, colocando em risco as vidas de milhares de sergipanos. As principais vítimas dessa estupidez do Executivo e da ganância empresarial serão os comerciários, que estarão na linha de frente da pandemia para garantir o lucro dos patrões. Os donos de funerárias estão sorrindo de orelha a orelha. Como sempre, o governo recorre a pareceres dos técnicos da saúde para justificar sua decisão, porém a realidade mostra que o buraco é mais embaixo. O povo, em sua maioria, não atende as orientações dos profissionais da Medicina, nem respeita a determinações governamentais, além de muitos ainda confundirem o vírus com “uma gripezinha” inofensiva. A soma de tudo isso será a incontrolável propagação da doença, numa escalada mortal e sem direito a arrependimentos. Que Deus nos proteja!

 

Comigo não, violão!

 

O PT quer distância do ex-aliado Edvaldo Nogueira (PDT). Entrevista pela rádio Fan/FM, o senador petista Rogério Carvalho disse que “ nos últimos 14 anos, o responsável por executar ou não obras na capital é o atual prefeito”. Ficou claro que se a pandemia permitir a realização de eleições, o PT vai querer ser o principal adversário do aliado de quase toda vida. Misericórdia!

 

Baixou o nível

 

Decididamente, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) perdeu a paciência com o deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB). De tanto ser fustigado pelo jovem parlamentar, o cidadanista deixou a fidalguia de lado e partiu pra ignorância: “Não vou responder a um vagabundinho”, bradou Vieira. Antes, o senador já havia bloqueado Valadares de suas redes sociais. Crendeuspai!

 

Tá lembrado?

 

Não se fala mais sobre a grave denúncia de malversação da verba indenizatória da Câmara de Aracaju que, segundo o Ministério Público Estadual, teria sido garfada por 15 vereadores. Em 2016, a Polícia fez baculejo na Câmara, prendeu gente e o diabo a quatro, porém hoje ninguém fala mais sobre o assunto. Até parece que neste país o crime é pra ser esquecido. Êita Brasilzão sem jeito!

 

Arrumando a casa

 

E o DEM se reúne hoje, para discutir sobre as eleições municipais. Mesmo em tempo de pandemia, os demistas acham importante manter o pleito na ordem do dia. Na pauta desta terça-feira, o principal assunto é a pré-candidatura da delegada Georlize Teles à Prefeitura de Aracaju. Também haverá espaço para discutir possível coligações majoritárias no interior e a eleição para a Câmara de Vereadores da capital. Então, tá!

 

Mulheres

 

Oito em cada 10 brasileiros acham fundamental a alteração nas leis eleitorais para garantir que as mulheres representem a metade dos candidatos a cargos eletivos. É o que revela pesquisa feita pelo Ibobe e o Instituto Patrícia Galvão. Atualmente, a legislação eleitoral reserva 30% das candidaturas para as mulheres e apenas 10% do tempo de propaganda eleitoral para cotas de sexo. Vixe!

 

Crime investigado

 

Sergipe está na rota dos investigadores cariocas que apuram a passagem do ex-policial militar Adriano da Nóbrega, o “Capitão Adriano”, pelo Nordeste. O miliciano foi morto pela Polícia baiana no município de Esplanada, em fevereiro passado. Segundo um investigador, durante o período em que esteve foragido na Bahia, Adriano teria “lavado” dinheiro de origem criminosa, arrendando de fazendas de gado na região. Há provas, inclusive, de que ele fez negócios e participou de vaquejadas em Sergipe. Cruzes!

 

Nova sessão

 

O presidente da Assembleia, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), se reúne, hoje, com auxiliares diretos para definir a pauta da próxima sessão plenária virtual, agendada para às 10 horas de amanhã. Tão logo definida o que será discutido, Bispo encaminhará a pauta para os demais deputados. Ah, bom!

 

País de negativados

 

Mais de um quarto da população com ganhos de até R$ 2 mil, gasta metade dos rendimentos com cartão de crédito, empréstimos consignado e pessoal, financiamentos de automóvel e imobiliário, além de cheque especial. Entre as pessoas com renda acima de R$ 10 mil, o percentual com estas despesas é de 13%. Segundo o estudo da Serasa Experian, a maioria (69%) das pessoas negativadas tem renda de até R$ 2 mil. Credo em cruz!

 

Viola no saco

 

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) deveria ter publicado, ontem, um novo decreto sobre as restrições ao coronavírus. Coincidentemente, após o governador Belivaldo Chagas (PSD) ter decretado a liberação quase geral, o pedetista botou a viola no saco. Não se sabe quando Nogueira vai reeditar um novo decreto, se seguirá o afrouxamento ditado pelo aliado político ou se, em respeito à vida, manterá sem alterações o isolamento social na capital. Marminino!

 

 

Recorte de jornal A Estância, em 22 de outubro de 1950.

Please reload