Política by Adiberto de Souza

May 12, 2020

 

Exemplo não foi seguido

 

Uma semana após o prefeito de Muribeca, Fernandinho Franco (PSDB), ter dispensando o próprio salário, nenhum outro gestor ou legislador sergipano seguiu o bom exemplo do rapaz. Esperava-se que, por conta da crise financeira causada pela Covid-19, a maioria dos prefeitos, dos vereadores e deputados, ao menos, reduzisse os gordos salários. Mas qual nada! Aliás, teve até quem criticasse Fernandinho, por achar que o povo iria cobrar comportamento idêntico dos demais prefeitos. Envolvida com a pandemia do coronavírus e preocupada em salvar a própria pele, a população não teve nem tempo de observar que para a grande maioria da classe política continua valendo o antigo ditado popular: farinha pouca, meu pirão primeiro. Misericórdia!

 

Canindé de luto

 

Com suspeita de coronavírus, morreu, ontem, Genivaldo Galindo (PSDB), 73 anos. Ex-prefeito de Canindé do São Francisco, ele estava doente desde a semana passada. No domingo, teve o quadro agravado e foi transportado para Aracaju, onde morreu quando recebia atendimento médico. Galindo se elegeu prefeito de Canindé em 1966, se reelegendo quatro anos depois, mas foi cassado por improbidade administrativa. Posteriormente, foi condenado e preso sob a acusação de ter mandado queimar urnas eleitorais e patrocinado o assassinato do radialista Zezinho de Cazuza. Após ganhar a liberdade, morava em Canindé onde continuava fazendo política. Descanse em paz!

 

Expediente reduzido

 

O governo de Sergipe decidiu ampliar para as sextas-feiras o ponto facultativo que já estava em vigor nas segundas. Ficaram de fora do decreto apenas as chamadas atividades essenciais. O objetivo da medida é diminuir ainda mais a circulação de pessoas em vias públicas devido ao crescimento contínuo do número de casos de coronavírus em Sergipe. Certíssimo!

 

Políticos ladrões

 

Com raras exceções, os políticos brasileiros não passam de um bando de ladrões. Dia sim outro também a Polícia Federal começa o expediente prendendo gestores e parlamentares, todos flagrados metendo a mão grande nas verbas da educação, saúde, segurança, etcétera e tal. Enquanto isso, os cidadãos honestos se questionam onde o Brasil vai parar com tantos ladrões de colarinho branco? Só Jesus na causa!

 

Ameaça descabida

 

As empresas de ônibus da Grande Aracaju continuam ameaçando retirar a frota de circulação. Alegam que, com a quebra do número de passageiros, a receita tem sido insuficiente até para pagar o óleo diesel. O sindicato das concessionárias está cobrando um suporte financeiro para continuar operando e atender às novas exigências da SMTT. Até agora, a Prefeitura de Aracaju tem dado calado por resposta, permitindo suspeitar que as empresas estão chorando de barriga cheia. Homem, vôte!

 

Suspeita denunciada

 

E o deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) foi, ontem, à Polícia Federal. Calma, não teve nada a ver com o “baculejo” que a PF deu na casa dele. O petebista foi protocolar uma denúncia sobre a compra de respiradores pela Secretaria Estadual de Saúde. Valadares achou exagerado o valor pago: mais de R$ 250 mil, conforme teria revelado o ex-secretário Valberto Lima (MDB). Na queixa, o deputado diz que pretende entender o motivo de Sergipe ter comprado os respiradores mais caros do Brasil. Marminino!

 

Celular e direção

 

Mais de 19% dos motoristas das capitais usam o celular enquanto dirigem. Isso significa que de cada cinco pessoas, uma afronta a lei. Feita pelo Ministério da Saúde, a pesquisa também mostrou que as pessoas com idades entre 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (26,1%) são as que mais assumem esse comportamento de risco. Os motoristas com nível superior também são os que mais recebem multas por excesso de velocidade e que associam o consumo de bebida alcoólica e direção. Danôsse!

 

Fecha tudo

 

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) segue disposto a não abrir a guarda para a Covid-19. Segundo ele, as equipes da Prefeitura têm fiscalizado o comércio de olho nos estabelecimentos que insistem em desrespeitar os decretos municipais. Uma blitz realizada no Conjunto Orlando Dantas, fiscalizou 52 casas comerciais, das quais 11 foram interditadas e oito notificadas. Só podem continuar funcionando estabelecimentos que prestam serviços essenciais. Vixe!

 

Sangue novo

 

O magistrado José Pereira Neto é o novo juiz da 27ª zona eleitoral, em substituição à magistrada Vânia Ferreira de Barros. Designado para a função pelo presidente do TRE, desembargador José dos Anjos, ele tomará posse no próximo dia 25. José Pereira Neto já atuou nas zonas eleitorais de Neópolis, Riachuelo e Lagarto. Ah, bom!

 

BC preocupa

 

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) impetrou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal contra a autorização para o Banco Central atuar na compra e venda de ativos no mercado secundário. Segundo o cidadanista, a previsão fere a Constituição sendo, portanto, preciso reparar o erro, permitindo que o tema seja corretamente discutido no Congresso Nacional. Então, tá!

 

Recorte de jornal

 

 

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 24 de dezembro de 1918.

Please reload